Chelsea vence o Tottenham novamente e está na final da Copa da Liga

O Chelsea derrotou o Tottenham por 1 a 0 e garantiu a vaga na grande final da Copa da Liga Inglesa. O placar agregado da..

Pedro Melo - 12 de janeiro de 2022, 18:43

(Reprodução/Twitter/Chelsea)
(Reprodução/Twitter/Chelsea)

O Chelsea derrotou o Tottenham por 1 a 0 e garantiu a vaga na grande final da Copa da Liga Inglesa. O placar agregado da semifinal foi de 3 a 0, já que os Blues venceram por 2 a 0 no primeiro jogo.

Na decisão, o Chelsea aguarda pelo vencedor de Liverpool e Arsenal. A segunda semifinal só começa a ser disputada nesta quinta-feira (13), em Anfield Road.

Mesmo em vantagem, o Chelsea começou melhor na partida e abriu o placar aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio na área, o goleiro Gollini saiu mal da meta e Rüdiger aproveitou para cabecear para o fundo das redes.

O Tottenham, que precisava de três gols para se classificar, cresceu já na reta final do primeiro tempo e quase empatou aos 31. Depois do escanteio, Sánchez desviou na primeira trave e Harry Kane quase alcançou. Já aos 39, Kane caiu dentro da área, o árbitro chegou a marcar pênalti, mas voltou atrás e marcou a falta fora da área após ver o lance no vídeo.

No segundo tempo, o Chelsea apenas administrou a vantagem, enquanto o Tottenham apostou todas as suas fichas na virada. Aos 11 minutos, o árbitro assinalou a penalidade do goleiro Kepa em Lucas Moura. Porém, ele anulou mais uma vez com ajuda do VAR.

O vídeo apareceu mais uma vez para auxiliar o árbitro aos 18 minutos. Lucas deixou Harry Kane com o gol vazio e o centroavante apenas completou para o fundo das redes. Porém, o empate dos Spurs foi anulado por impedimento.

Na reta final, o jogo ficou paralisado por alguns minutos para atendimento médico de um torcedor nas arquibancadas. Quando a bola rolou novamente, o Tottenham quase empatou, mas o goleiro Kepa garantiu a vitória do Chelsea.

FICHA TÉCNICA – TOTTENHAM 0X1 CHELSEA

Data, horário e local: quarta-feira (12), às 16h45, no Tottenham Hotspur Stadium, em Londres (ING).

Tottenham: Gollini; Davies, Sanchez, Tanganga, Doherty (Sessegnon); Winks (Skipp), Hojbjerg, Emerson, Lo Celso (Bryan Gil); Harry Kane e Lucas Moura. Técnico: Antônio Conte.

Chelsea: Kepa; Rudiger, Sarr e Christensen (Thiago Silva); Kovacic (Kanté), Jorginho (Loftus-Cheek), Hudson-Odoi e Mount (Ziyech); Werner (Marcos Alonso) e Lukaku. Técnico: Thomas Tuchel.

Gol: Rudiger (CHE), aos 17' do primeiro tempo.