Cianorte recebe o Inter para fazer história na Copa do Brasil

O Cianorte tenta fazer história na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (14), quando recebe o Internacional, às 19h30 (de ..

Francielly Azevedo - 14 de março de 2018, 09:44

Foto: Ricardo Duarte &#124 Internacional
Foto: Ricardo Duarte &#124 Internacional

O Cianorte tenta fazer história na Copa do Brasil, nesta quarta-feira (14), quando recebe o Internacional, às 19h30 (de Brasília), no estádio Albino Turbay, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O desafio não será fácil, já que o time gaúcho entra em campo com a vantagem de ter vencido o primeiro confronto por 2 a 0. Mas o Leão do Vale terá o apoio da torcida para essa partida, os ingressos disponibilizados estão esgotados. A equipe do interior nunca avançou tanto na competição.

O Cianorte não poderá contar com o suporte do treinador Marcelo Caranhoto, que foi expulso no Beira-Rio por reclamação. Com isso, o auxiliar-técnico Irineu Ricardo comanda o time. O goleiro Silvio segue em recuperação de uma lesão, por isso o arqueiro João Gabriel continua entre os titulares.

Dessa maneira, o Cianorte recebe o Inter com João Gabriel; Gerônimo, Montoya, Feliphe Gabriel e Arroyo; Carrilho, Morelli e Richarlyson (Xavier); Maikinho, André Luis e Neto Costa

A partida será comandada pelo árbitro Bruno Arleu de Araujo, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Gabriel Conti Viana

O adversário

O Inter pode perder por 1 a 0, que se classifica. Se o Cianorte conseguir fazer os dois gols de diferença, a decisão vai para os pênaltis. A Copa do Brasil não utiliza mais o gol anotado fora de casa como critério de desempate.

O treinador Odair Hellmann fez mistério no último treino e comandou as atividades com portões fechados. Os jogadores Leandro Damião e William Pottker ainda se recuperam de lesão, sendo assim, Nico López e Roger continuam entre os titulares.  A principal novidade é Rossi, que foi regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

O provável Inter tem Marcelo Lomba; Ruan, Klaus, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Moledo, Edenílson, Nico López, D'Alessandro e Patrick; Roger