Cielo busca a última oportunidade de participar das Olimpíadas nesta quarta

Redação


O campeão mundial César Cielo terá a última oportunidade para garantir sua participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro nesta quarta-feira (20), às 17h.

Depois de abdicar de disputar a final dos 100m livre no Troféu Maria Lenk, no Estádio Aquático Olímpico, na segunda-feira (18), o atleta focou em sua principal especialidade: os 50 metros livre. Cielo é o recordista mundial nesta categoria e obteve índice de qualificação nesta manhã – ele nadou os 50 m livre em 21s99 e ficou com o segundo melhor tempo do país – o melhor é de Bruno Fratus, que tem 21s50 feitos na seletiva olímpica de Palhoça (SC) no fim do ano passado. No entanto, Cielo ainda depende da prova final, com início previsto para 17h, para saber se ficará com uma das duas vagas do país na distância.

Ainda que a conquista da vaga não seja definitiva, o tempo registrado nesta manhã é uma grande notícia para Cielo. O brasileiro não nadava abaixo do índice olímpico (22s27) desde o Troféu Maria Lenk do ano passado, em abril, quando fez 21s84. Porém, o nadador reprovou a própria performance. “Não foi o tempo que eu queria. Esse 21s99 me coloca na segunda vaga agora, mas sei que tenho tempos melhores dentro de mim. Nadar às 9h30 é muito difícil. Em lugar nenhum do mundo as eliminatórias são tão cedo. Espero poder me recuperar bem à tarde para voltar com sangue no olho”, declarou.

César Cielo terá que competir com outros brasileiros que disputam pelas duas vagas da categoria. Os nadadores Bruno Fratus (21s50), Ítalo Duarte (22s08), Marcelo Chierighini (22s17), Matheus Santana (22s17) e Henrique Martins (22s25) já conseguiram bater a marca necessária, mas Cielo crê que pode garantir a qualificação marcando 21s80 nesta quarta-feira.
Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="354775" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]