Com ajuda do VAR, Atlético-PR vence o Bahia e larga com vantagem nas quartas da Sul-Americana

Francielly Azevedo


O Atlético-PR largou com vantagem nas quartas de final da Copa Sul-Americana diante do Bahia. Nesta quarta-feira (24), o rubro-negro venceu o tricolor baiano, por 1 a 0, na Arena Fonte Nova. O duelo foi marcado pela atuação do VAR (Video Assistant Referee), que anulou dois gols baianos. Essa foi a primeira vez que o Furacão atuou em uma partida com árbitro de vídeo. Agora, o time paranaense tem a vantagem do empate na partida de volta.

As duas equipes começaram o duelo equilibradas, mas protagonizando um jogo truncado, com forte marcação de ambos os lados. Os donos da casa arriscaram mais no início da primeira etapa e deram trabalho para o rubro-negro.

Aos 22 minutos, o Bahia ensaiou uma pressão e chegou firme. Após um bate-rebate dentro da área, depois de três tentativas do Tricolor, Clayton, em uma espécie de voleio, esticou a perna sobre Nikão e balançou as redes. Na dúvida, o árbitro consultou o VAR (árbitro de vídeo), anulou o gol e marcou falta para o Furacão.

Passados 30 minutos, o rubro-negro não conseguiu finalizar nenhum arremate em direção ao gol e via o Bahia se aproximando da meta. Aos 36, Paulo André salvou uma boa oportunidade baiana, após cortar uma bola dentro da área.

Aos 45, finalmente o Atlético assustou os donos da casa. Pablo chegou pela esquerda, cruzou e Lucho tentou. Mas Douglas defendeu.

Na volta do intervalo, o Bahia logou tratou de acertar o gol aos dois minutos. Nino Paraíba cruzou para Ramires, dentro da área. O jogador chegou e balançou as redes. Só que o árbitro anulou o gol alegando impedimento, após ouvir a consulta do VAR.

Com sangue nos olhos, o time baiano seguiu tentando. Mas esbarrou no goleiro Santos. O arqueiro salvou um cabeceio de Elton, evitou um arremate de Zé Rafael e foi soberano na testada de Lucas Fonseca.

Depois de sofrer com a pressão, o rubro-negro encontrou o caminho do gol. Aos 21, depois do desvio de Nikão, Pablo mandou uma bomba para balançar as redes.

O gol silenciou a Arena Fonte Nova. Ao Furacão restou fechar a marcação e segurar o placar positivo.

O duelo de volta está marcado para a próxima quarta-feira (31), às 21h45 (de Brasília), na Arena da Baixada. Quem passar de fase enfrenta Fluminense ou Nacional-URU.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.