Com atuação impecável de Simão, Operário é campeão da Série C

Francielly Azevedo


O Operário é campeão da Série C! O time de Ponta Grossa venceu o Cuiabá, por 1 a 0, neste sábado (22), e garantiu o título mais importante da história do clube. Com uma atuação impecável do goleiro Simão, o Fantasma consagrou o acesso à Série B diante de mais de 41 mil torcedores presentes na Arena Pantanal.

O duelo começou e três minutos depois precisou ser paralisado por quase 1h30 por causa da falta de iluminação no estádio. O Cuiabá, apoiado pela torcida, ensaiou uma pressão para cima do Operário, mas foi barrado pelo “São Simão”. Aos 19, após cruzamento, Jenison ganhou pelo alto e cabeceou no cantinho, só que o goleiro do Operário se esticou e não deixou passar.

O Fantasma aproveitou que o time da casa desacelerou para também mostrar que queria a taça. Com Clayton, levou perigo em uma tentativa de longa distância.

Aos 47, o Cuiabá voltou a assustar. Após cobrança de lateral, a bola passou pela marcação do Operário e Adriano Pardal cabeceou livre na pequena área. Para sorte do time pontagrossense, Simão fez uma defesa milagrosa com o pé.

Na volta do intervalo, o Fantasma amaciou e conseguiu o gol aos nove minutos. Quirino cruzou, Victor Souza espalmou parcialmente e Bruno Batata apareceu para mandar para o fundo das redes.

Precisando do empate para levar o duelo pelo menos para os pênaltis, o Cuiabá partiu para o tudo ou nada. Aos 19, Doda tocou rente à trave e quase deixou tudo igual.

Com a postura ofensiva do rival, o Operário fechou a marcação e apostou nos contra-ataques. Em um deles, aos 37, Bruno Batata mandou uma bomba de fora da área e quase acertou o ângulo.

A pressão aumentou e o jogo ficou digno de teste para cardíaco. Com quatro minutos de acréscimo, o Cuiabá fez uma blitz e parou em Simão. Aos 46, após bate-rebate na área, Edson Borges chutou forte e Simão protagonizou outra defesa sensacional.

Simão fez outras três defesas espetaculares antes do juiz decretar o apito que garantiu a taça da Série C para o Operário.

A ESCALADA

O Operário tem construído uma bela trajetória nos últimos anos. Em 2015, foi campeão paranaense em cima do Coritiba.

No ano passado, conquistou o título da Série D, quando venceu o Globo-RN fora de casa por 5 a 0 e, no Germano Krüger, perdeu por 1 a 0.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.