Com dores, Fernando Prass é cortado da Seleção Olímpica

Redação


O goleiro Fernando Prass voltou a sentir dores no cotovelo direito durante o aquecimento da Seleção para o jogo contra o Japão e  CBF confirmou o corte do atleta na madrugada deste domingo (31). Prass passou por avaliações durante a noite deste sábado e não vai mais competir na Rio 2016.

Por meio de pronunciamento, o coordenador Erasmo Damiani confirmou o corte de Fernando Prass. Ele confirmou também que a CBF solicitou à Fifa para inscrever um goleiro acima de 23 anos nos Jogos Olímpicos.

a partida contra o Japão, o goleiro foi poupado mas participou do aquecimento onde voltou a sentir dores. Sem um reserva imediato, Prass foi substituído por Uilson, do Atlético-MG, neste sábado.

O atleta se machucou durante o treinamento da última terça-feira (26) e chegou a começar o tratamento para as dores no local. Foram três dias de fisioterapia e ele chegou a ser liberado pelo departamento médico.

A comissão técnica da Seleção deve confirmar a substituição neste domingo. Jordi, do Vasco, Jean, do Bahia, e Alisson, do Roma, são as opções da CBF.

O atleta deve passar por uma cirurgia na terça-feira e pode, também, perder o restante da temporada do Brasileirão com o Palmeiras, atual líder. O cotovelo direito de Prass já é um problema antigo na vida do atleta. Em 2014, já atuando pelo Palmeiras, o goleiro chegou a operar a mesma região.

Pelo Twitter, Prass diz que os exames realizados na madrugada deste domingo apontaram uma nova fratura no cotovelo direito.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="375913" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]