Com fogo amigo chileno, Athletico bate Colo-Colo pela Libertadores

Rafael Nascimento

Athletico-PR encara Bahia pelo Campeonato Brasileiro hoje; veja onde assistir

O Athletico venceu com facilidade o Colo-Colo por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (23), na Arena da Baixada, em Curitiba, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Além de apresentar boa atuação coletiva, a equipe do técnico Eduardo Barros contou com dois gols contra anotados pelo time chileno para vencer a partida.

Os defensores Suazo e Campos foram os autores dos gols do jogo, ainda no primeiro tempo.

O resultado garante a liderança isolada do grupo C da competição continental ao Furacão, agora com nove pontos e encaminha classificação da equipe às oitavas de final. O Colo-Colo permanece na segunda colocação, com seis pontos, seguido por Jorge Wilstermann e Peñarol, que se enfrentam nesta quinta-feira (24) e somam três pontos.

 

Diagnosticado com a covid-19, o atacante Walter não foi relacionado e desfalcou o Furacão no duelo contra o time chileno – o atleta está assintomático e em isolamento.

O Rubro-Negro volta a campo já no próximo sábado (26), mas pelo Campeonato Brasileiro: às 19h a equipe recebe o Bahia na Arena da Baixada, pela 12ª rodada da competição.

O próximo compromisso do Athletico pela Libertadores acontece na próxima terça-feira (29) às 21h30, contra o Jorge Wilstermann, novamente em Curitiba.

PRESSÃO E CONTROLE ABSOLUTO DO JOGO

Embalado pela vitória fora de casa contra o Jorge Wilstermann, no retorno da Libertadores, semana passada, o Athletico tratou logo de assumir o protagonismo na Arena da Baixada e começou o jogo com maior posse de bola e pressionando o adversário. Desta forma, o Furacão abriu o placar em um gol contra de Suazo, que ao tentar marcar o zagueiro Pedro Henrique após cobrança de escanteio de Christian, escorou para o próprio patrimônio, aos 13.

Incisiva, a equipe paranaense seguiu com sua proposta ofensiva e não demorou a ampliar o placar – novamente em um gol contra. Aos 13, Léo Cittadini infiltrou a área e chutou cruzado. O goleiro Cortés espalmou e na sobra o zagueiro Campos tocou para as próprias redes: 2 a 0.

Se o sistema defensivo chileno sofria com as investidas athleticanas e não se encontrava no jogo, os homens de frente do Colo-Colo mal viram a cor da bola e pouco contribuíram ao longo da primeira etapa.

Precisando de um “fato novo”, o técnico Gualberto Jara promoveu as entradas de Carmona e Véjar no Colo-Colo, no intervalo. O Athletico de Eduardo Barros, entretanto, mesmo que em menor intensidade, seguiu com o controle das ações e levou perigo com Pedrinho.

Raras, as investidas da equipe chilena custavam a assustar a meta de Santos. Com o placar consolidado, o Athletico cozinhou o jogo na reta final e assumiu a liderança isolada do grupo C da Libertadores.

Confira os gols da vitória do Athletico sobre o Colo-Colo:

Previous ArticleNext Article