Com mando invertido, Paraná perde do Vasco e segue ameaçado

Jogando em Cariacica - ES, numa controversa decisão da diretoria, questionada até pelo treinador da equipe, Roberto Fern..

Roger Pereira - 22 de outubro de 2016, 17:50

Jogando em Cariacica - ES, numa controversa decisão da diretoria, questionada até pelo treinador da equipe, Roberto Fernandes, o Paraná Clube foi derrotado pelo Vasco da Gama na tarde deste sábado. O Tricolor decidiu vender o jogo para a cidade capixaba, numa estratégia para aumentar a arrecadação. Melhor para o Vasco, que teve a maioria da torcida no estádio e tirou proveito para fazer 1 a 0, com gol de Thales, aos 19 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o time carioca consolida-se na segunda posição da competição, com 57 pontos, a um pronto do Atlético-GO. Já o Paraná permanece na 15ª posição, com 36 pontos, a seis da zona de rebaixamento para a série C, distância que pode diminuir, pois o 18º., Joinville, joga às 21h.

O Vasco dominou as ações no primeiro tempo contra o Paraná. A equipe vascaína, que alternou bastante as jogadas, teve boas oportunidades para abrir o placar, mas não conseguiu furar o bloqueio do adversário. Logo no primeiro minuto, o meia Nenê cruzou na área, Rodrigo ganhou no alto e Junior Dutra quase conseguiu finalizar para o gol.

O Paraná respondeu aos 9 minutos. Fernando Karanga passou por dois jogadores cruzmaltinos, ficou em boa posição para marcar, mas Martín Silva apareceu bem e salvou o Gigante da Colina. Na metade da primeira etapa, quase o primeiro gol vascaíno. Andrezinho encontrou Nenê na boa pela esquerda, o meia cruzou para a área, e Douglas cabeceou forte para o gol, mas Marcos espalmou e, no rebote, a zaga afastou o perigo.

O jovem Douglas teve mais uma chance de marcar aos 30 minutos. Junior Dutra arriscou bom chute de fora da área e, no rebote de Marcos, o volante finalizou para fora. A melhor chance dos paranaenses surgiu na sequência em chute forte de Nadson de fora da área, mas Martín espalmou para escanteio.

O panorama na segunda etapa se manteve o mesmo. Com mais qualidade no setor ofensivo, o Vasco continuou com as melhores chances no ataque. Já o Paraná, abusou dos contra-ataques e errou muitos passes decisivos nas criações de jogadas.

O gol do Vasco saiu aos 19 minutos. Em cruzamento de Julio César, o atacante Thalles, que havia entrado há pouco tempo na partida, recebeu dentro da área, dominou a bola e chutou no canto direito do gol do Paraná, garantindo a vitória do Vasco por 1 a 0 no Kléber Andrade.