Com ‘paredão’ Vanderlei, Santos vence Estudiantes na Argentina e vira líder na Libertadores

Roger Pereira


* Por Vitor Anjos / Santos FC

Contando com o brilho do goleiro Vanderlei, que fez diversas defesas espetaculares, o Santos FC venceu o Estudiantes por 1 a 0 em plena Argentina, na noite desta quinta-feira (5), pela terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores de 2018. O tento santista foi marcado por Arthur Gomes.

Com o triunfo, o Peixe chegou aos seis pontos e assumiu a liderança isolada do grupo 6 do torneio continental. Na próxima rodada, os comandados de Jair Ventura encaram novamente o time argentino, mas na Vila Belmiro, no próximo dia 24, às 21h30 (de Brasília).

Antes disso, porém, o Alvinegro inicia sua trajetória no Campeonato Brasileiro diante do Ceará, no dia 14, às 21h, no Pacaembu.

O jogo – A partida começou truncada e com poucas chances de gols para as duas equipes. Quem assustou primeiro foi o Estudiantes, aos 12 minutos, quando Schunke cabeceou forte após cobrança de escanteio, mas parou na espetacular defesa de Vanderlei.

Após resistir a pressão dos argentinos, o Santos FC foi letal. Aos 18, Rodrygo iniciou um contra-ataque de almanaque ao lançar Arthur Gomes, que inverteu para Eduardo Sasha. O camisa 27 avançou, passou pela marcação com categoria e tocou na saída do goleiro. A bola bateu na trave, mas Arthur apareceu para pegar o rebote e abrir o placar na Argentina.

Com a vantagem no marcador, o Peixe viu o Estudiantes partir para cima, mas soube fazer um jogo seguro e pouco sofreu no decorrer da primeira etapa. Pelo contrário! Aos 44, Rodrygo fez linda jogada e cruzou na área, Andújar espalmou e Arthur Gomes chutou de primeiro. O goleiro argentino fez ótima defesa e a bola sobrou para Jean Mota, quase dentro da pequena área. O camisa 3, porém, chutou por cima.

Na volta do intervalo, o time de La Plata, atrás no placar, seguiu tentando furar a boa marcação santista. Os comandados de Jair Ventura, por sua vez, assustavam nos contra-ataques. Aos 10, Sasha rolou para Arthur Gomes, que passou pela marcação no lado direito, mas cruzou forte demais e a zaga adversária cortou.

O Estudiantes respondeu quatro minutos depois com Lattanzio, que aproveitou cruzamento da direita e desviou de barriga. Porém, Vanderlei apareceu de novo para fazer outra linda defesa e salvar o Peixe.

Aos 35, o camisa 1 santista operou mais um milagre. Após cruzamento de Campi, Melano cabeceou e o arqueiro defendeu. No rebote, Pavone chutou e Vanderlei pegou mais uma vez.

Sete minutos depois, o goleiro do Peixe inacreditavelmente salvou outra. Pavone recebeu sozinho, dentro da área, e finalizou forte, mas parou no milagreiro Vanderlei, que garantiu o triunfo santista por 1 a 0.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="515537" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]