Com reservas, Palmeiras vence o Sport pelo Brasileiro

Folhapress

palmeiras, sport, brasileirão, campeonato brasileiro, série a

O Palmeiras deu mais uma mostra neste sábado (9) de que possui um dos elencos mais fortes do Campeonato Brasileiro. Mesmo com um time formado, praticamente, por reservas, com exceção ao goleiro Werverton, o time alviverde venceu o Sport por 1 a 0, em Recife.

Sexto colocado no Nacional, agora com 47 pontos, a equipe palmeirense teve os seus principais jogadores preservados para a segunda partida contra o River Plate pela semifinal da Libertadores, na terça-feira (12), às 21h30, no Allianz Parque.

O técnico Abel Ferreira tomou a decisão de poupar seus titulares mesmo com a vantagem de ter vencido a partida de ida por 3 a 0 na Argentina.

Isso não impediu que o Palmeiras tivesse, também, o controle da partida contra o Sport, sobretudo por ter aberto o placar ainda no primeiro tempo, com Willian, aos 26 minutos, após cruzamento de Gabriel Veron.

Reserva no time de Abel, o camisa 29 chegou neste sábado ao seu 18º gol, superando o rendimento que teve em 2017 e 2018, os melhores dele com a camisa palmeirense, com 17 gols em cada, e agora divide a artilharia do time alviverde na temporada com Luiz Adriano.

Com o Palmeiras muito próximo de chegar à final da Libertadores e já classificado para a decisão da Copa do Brasil, Willian soube aproveitar a chance de mostrar que poder cavar um espaço entre os titulares e ser uma opção importante nos jogos decisivos que estão por vir.

Ele só não teve mais oportunidades de balançar a rede do Sport porque os visitantes passaram a valorizar a possa de bola na etapa final e administraram a pequena vantagem construída no primeiro tempo.

Nos minutos finais, a equipe paulista quase foi castigada pela postura, quando o árbitro chegou a marcar um pênalti de Rony, aos 49 minutos, após o atacante desviar a bola com a mão. O juiz, porém, voltou atrás na marcação após checar o VAR (árbitro de vídeo).

A vitória magra, contudo, foi o suficiente para manter o Palmeiras com esperanças de alcançar o líder do campeonato. Neste momento, a diferença para o São Paulo é de nove pontos, mas o time tricolor ainda vai jogar nesta rodada, neste domingo (10), contra o Santos, às 16h, no Morumbi.

A formação alviverde, no entanto, tem duas partidas a menos e um confronto direto a cumprir com o rival tricolor, o que ajuda a alimentar a esperança de brigar pelo título nacional.

Depois do confronto com o River, os palmeirenses voltam a campo pelo Nacional na sexta-feira (15), dia em que vão enfrentar o Grêmio, às 21h30, no Allianz Parque.

SPORT: Luan Polli; Raul Prata (Jonatan Gómez), Rafael Thyere, Adryelson e Júnior Tavares; Betinho (Ricardinho), Marcão (Ewerthon) e Thiago Neves; Patric, Marquinhos e Dalberto. Técnico: Jair Ventura.

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Luan, Kuscevic e Esteves (Danilo); Raphael Veiga (Alan Empereur), Zé Rafael (Patrick de Paula) e Lucas Lima (Rony); Breno Lopes, Gabriel Veron (Gabriel Menino) e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

FICHA TÉCNICA: SPORT 0 x 1 PALMEIRAS

  • Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
  • Data: 9 de janeiro de 2021, sábado
  • Horário: 19h (de Brasília)
  • Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)
  • Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (Ambos do ES)
  • VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
  • Cartões amarelos: Lucas Lima (Palmeiras); Thiago Neves e Rafael Thyere (Sport)
  • GOLS: Willian (PAL), aos 27 minutos do primeiro tempo.

Previous ArticleNext Article