Com ressurreição de atacantes, Atlético-PR bate o Palmeiras

Francielly Azevedo


Durante todo o Campeonato Brasileiro a falta de efetividade do ataque do Atlético-PR foi perceptível, mas parece que, neste domingo (3), na última rodada da competição o cenário mudou. Recebendo o Palmeiras, na Arena da Baixada, o rubro-negro venceu por 3 a 0 com uma belíssima atuação dos atacantes.

Uma das surpresas da partida foi a ausência do goleiro Weverton. Em possível negociação com o Palmeiras, o atleta nem no banco esteve. Santos foi quem defendeu a meta atleticana.

Com o resultado, o Atlético-PR termina a competição em 11º na tabela, com 51 pontos. O Palmeiras se mantém na 2ª posição, com 63 pontos.

O jogo

Os rubro-negros entraram em campo com fome de bola e logo aos cinco minutos abriram o placar. No contra-ataque, Lucas Fernandes fez o lançamento para Ribamar no meio da zaga. O atacante ganhou na velocidade e tocou por cima de Fernando Prass.

Após isso, os atleticanos pressionaram ainda mais e, aos 13, sofreram pênalti. Ribamar foi derrubado na área por Luan. Éderson foi para cobrança e bateu no meio do gol, enquanto Prass caiu no canto direito. Estava feito o 2 a 0.

Ainda no primeiro tempo, aos 33, surgiu o terceiro gol. Ederson avançou pelo lado direito e cruzou rasteiro. Sidcley foi mais rápido que os defensores e desviou para as redes.

O rubro-negro seguiu comandando o duelo. Tentou com Fabrício, Wanderson e Ribamar, mas nenhum conseguiu acertar a meta.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.