Com três desfalques Furacão enfrenta o Millonarios

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira (1º), às 21h45, contra o Millonarios, pela fase qualificatória da Copa Libe..

Redação - 01 de fevereiro de 2017, 15:11

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira (1º), às 21h45, contra o Millonarios, pela fase qualificatória da Copa Libertadores, com pelo menos três grandes desfalques. As duas equipes disputam uma vaga para a fase de grupos da competição e o jogo da volta está previsto para o dia 8, em Bogotá, na Colômbia.

Um dos principais destaques da equipe, o zagueiro Thiago Heleno deverá ser a ausência mais sentida. O atleta não teve a documentação totalmente liberada pelo Deportivo Maldonado e o clube não quer correr riscos por causa da burocracia da Conmebol.

Além de Thiago, Nikão cumprirá suspensão por ter sido expulso na partida contra o Deportivo Luqueño, pela Sul-Americana, em partida que o Atlético foi derrotado por 2 a 0 e Nikão foi expulso no final do jogo. O atleta acabou beneficiado pela redução da pena de 4 para um jogo, após os escândalos que envolveram os dirigentes da Conmebol. Já o meia João Pedro, lesionado, deve ficar fora também da partida de volta. Já o meia Carlos Alberto, está aprimorando a condição física e está fora de jogo.

Por outro lado, Otávio e Grafite estão cotados para estrearem. O técnico Paulo Autuori aposta no atacante, com quem já trabalhou anteriormente no São Paulo. "O Grafite vem de uma temporada muito boa, o Carlos Alberto parou um pouco antes, precisa de mais um pouco de treinos. Ele mesmo disse que o retorno deve ser paulatino, mas estará na lista e vai ser muito bom para o clube", comentou.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO X MILLONARIOS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 01º/02/2017

Horário: 21h45

Árbitro: German Delfino (ARG)

Auxiliares: Gustavo Rossi (ARG) e Lucas Germanotta (ARG)

Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Nicolas; Otávio, Lucho González e Felipe Gedoz; Pablo, Crysan e Grafite. Técnico: Paulo Autuori

Millonarios: Vikonis; Palacios, Franco, Cadavid e Machado; Domínguez, Hainaut, Duque e Quiñones; Arango e Del Valle. Técnico: Miguel Ángel Russo