Com um a menos, PSG empata com o Olympique e segue líder isolado no Francês

Pedro Melo

PSG Olympique de Marselha Neymar Messi Mbappé

Com uma atuação abaixo da média do trio Neymar, Messi e Mbappé, o PSG ficou no empate em 0 a 0 com o Olympique de Marselha. O Paris Saint-Germain jogou com um a menos durante quase todo o segundo tempo após a expulsão do lateral-direito Hakimi.

O jogo ficou marcado pelo clima hostil da torcida do Olympique de Marselha contra os jogadores do PSG. A cada cobrança de escanteio, vários objetos foram jogados no gramado. E no segundo tempo, um torcedor invadiu o gramado quando Messi estava no ataque.

Com bola rolando, o Paris Saint-Germain precisou de apenas 13 minutos para abrir o placar em gol de contra de Luan Peres após chute de Neymar. Porém, o VAR anulou o lance por impedimento do atacante brasileiro. Já o Olympique também teve gol anulado aos 20 minutos. Milik balançou as redes, porém, também estava impedido.

No segundo tempo, o PSG ficou com um jogador a menos após expulsão de Hakimi por falta em Ünder próximo da área. Para recompor o sistema defensivo, o técnico Mauricio Pochettino tirou Di Maria e colocou Kehrer.

O Olympique de Marselha, com um jogador a mais, criou as melhores chances, mas falhou na hora da finalização para sair com a vitória. E do outro lado, Neymar foi substituído da partida já na reta final e ficou visivelmente insatisfeito.

Com o resultado, o PSG empata a primeira partida no Campeonato Francês e segue líder isolado com 28 pontos, sete pontos a mais que o vice Lens. Já o Olympique de Marselha é o quarto colocado, com 19, e continua na briga pelas primeiras posições.

FICHA TÉCNICA – OLYMPIQUE DE MARSELHA 0X0 PSG

Data, horário e local: domingo (24/10), às 15h45 (horário de Brasília), no Vélodrome, em Marselha, na França.

Olympique de Marselha: Pau Lopez; Saliba, Luan Peres, Caleta-Car e Lirola; Kamara (Gueye), Guendouzi, Payet; Rongier (De la Fuente), Milik (Dieng), Ünder (Gerson). Técnico: Jorge Sampaoli.

PSG: Navas; Hakimi, Marquinhos, Kimpembe e Nuno Mendes; Verratti (Gueye) e Danilo Pereira; Di Maria (Kehrer), Messi, Neymar (Wijnaldum) e Mbappé. Técnico: Mauricio Pochettino.

Cartões amarelos: Rongier (OLY); Danilo Pereira e Marquinhos (PSG).

Cartão vermelho: Hakimi (PSG).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="798800" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]