Confira os possíveis caminhos do Brasil para avançar na Copa

A caminhada não é fácil e nem está garantida, mas após vencer a Costa Rica, por 2 a 0, com gols nos acréscimos, o Brasil..

Francielly Azevedo - 24 de junho de 2018, 09:22

Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem
Foto de Rodolfo Buhrer / La Imagem

A caminhada não é fácil e nem está garantida, mas após vencer a Costa Rica, por 2 a 0, com gols nos acréscimos, o Brasil está mais confiante para avançar na Copa do Mundo da Rússia. Para isso, encara a Sérvia na próxima quarta-feira (27), às 15h (de Brasília), pela última e decisiva rodada do Grupo E.

Se vencer a Sérvia, a equipe de Tite se classifica. Porém, se a Suíça também vencer, a definição de primeiro ou segundo lugar na chave será feita pelo saldo de gols. Atualmente o Brasil tem um gol a mais que os suíços.

Agora em outro cenário, se empatar com a Sérvia, pode se classificar. Mas não necessariamente como líder do grupo. Caso a Suíça não ganhe, se classifica em segundo lugar.

Na pior hipótese, se perder para Sérvia, o Brasil ainda tem chance de classificação. Para isso, só se classifica se a Suíça também perder o jogo contra a Costa Rica, que já está eliminada. E novamente a definição seria no saldo de gols com os suíços. Neste caso, avançaria Sérvia, com seis pontos, e  o melhor no saldo de gols entre Brasil e Suíça.

OITAVAS

Pelo cruzamento de chaves, o Grupo E encara o Grupo F, composto por México, Alemanha, Suécia e Coreia do Sul. Se manter a classificação da manhã deste domingo (24), o Brasil enfrentaria a Alemanha (2ª colocada - com três pontos), caso passe em primeiro, ou o México (1º colocado - com seis pontos), caso passe em segundo.

Entretanto, a chave F também não está definida. Neste sábado (23), o México venceu a Coreia do Sul, por 2 a 1, e foi a seis pontos. Já a Alemanha derrotou a Suécia, por 2 a 1, e ambas equipes somam três pontos. Para a rodada final, o México precisa vencer a Suécia para classificar em primeiro, sem sufoco. Se perder, e a Alemanha vencer a Coreia do Sul, as três equipes (México, Suécia e Alemanha) somarão seis pontos, o que definirá a vaga e classificação será o saldo de gols.