Confirmado na equipe titular do Atlético-PR, Pierre busca sexto título estadual da carreira

O Atlético-PR segue em preparação para a primeira partida da final do Campeonato Estadual. Após conquistar a 2ª Taça, o ..

Francielly Azevedo - 30 de março de 2018, 15:03

Foto: Miguel Locatelli - CAP
Foto: Miguel Locatelli - CAP

O Atlético-PR segue em preparação para a primeira partida da final do Campeonato Estadual. Após conquistar a 2ª Taça, o Furacão terá pela frente o Coritiba, na grande decisão do torneio. O primeiro encontro será às 16h deste domingo (1), no Couto Pereira.

Para esta partida, o técnico Tiago Nunes não poderá contar com o volante Deivid, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para o lugar do capitão rubro-negro, o treinador já confirmou o volante Pierre.

Contratado no início deste ano, o jogador de 36 anos é o mais experiente do grupo atleticano que disputa o Campeonato Paranaense. Acostumado a grandes decisões, Pierre comemorou a oportunidade de disputar mais uma final de campeonato.

“Tenho trabalhado para isso, para um momento como esse. Chegou em uma hora boa, oportuna. Espero fazer o meu melhor e corresponder à expectativa de todos, trazendo um bom resultado para nos dar tranquilidade no segundo jogo”, destacou.

No currículo, Pierre acumula cinco títulos estaduais, além das conquistas da Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa do Brasil e Primeira Liga.

“Nestes jogos, o nível de concentração deve ser altíssimo. O título não será decidido neste primeiro jogo, mas temos que entrar atentos e fazer o que fizemos ao longo da competição. Se entrarmos com esse espírito, podemos alcançar um bom resultado”, afirmou.

Com nove vitórias e cinco empates na competição, o Rubro-Negro tem a melhor campanha geral deste Estadual. “Temos que manter a mesma postura”, afirmou Pierre. “Tivemos bons jogos dentro e fora de casa. E o intuito é esse, de seguir com a performance e determinação que apresentamos até chegar a esta final”, completou.

Nos dias em que antecedem a primeira partida decisiva, o jogador tenta passar um pouco da experiência adquirida. “Os meninos estão 'calejados' e viram o quanto é bom gritar campeão. O recado que dou é que temos uma grande oportunidade de marcar o nome na história do Atlético e vamos em busca disso”, concluiu Pierre.