Conmebol confirma Libertadores de fevereiro a novembro

A Conmebol surpreendeu a todos os integrantes e anunciou nesta terça (27) algumas alterações no formato da competição. O..

Redação - 27 de setembro de 2016, 21:15

A Conmebol surpreendeu a todos os integrantes e anunciou nesta terça (27) algumas alterações no formato da competição. O maior deles trata do calendário que será estendido e receberá mais clubes; a entidade também irá fazer alterações na Copa Sul-Americana. Em comunicado, a Conmebol informou que a disputa será de fevereiro a novembro.

A entidade justificou essas alterações alegando que elas vão ao encontro do calendário esportivo da maioria dos clubes. “As mudanças são um resultado de um estudo técnico que a Conmebol vem realizando há vários meses com a ajuda de consultores especializados com o objetivo estratégico de potencializar a qualidade do futebol sul-americano e impulsionar seu desempenho esportivo", informou.

A partir de 2017 a Libertadores será disputada em 42 semanas, e não mais em 27, como aconteceu este ano. Dez dos clubes que não se garantirem nas oitavas de final da competição irão para a Sul-Americana, em um formato semelhante ao adotado pela Uefa na Liga dos Campeões e na Liga Europa.

“Decidimos adotar um calendário anual para a Libertadores. Por muito tempo, os clubes tem decidido entre o campeonato local e os torneios continentais, e isso afeta a qualidade de ambas as competições. Essa mudança nos permite melhorar a qualidade em campeonatos nacionais, proteger os jogadores e potencializar a qualidade de jogo nas copas continentais”, declarou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, à Agência Estado.

A Sul-Americana será disputada de junho a dezembro e além disso, seu campeão garantirá uma vaga direto na fase de grupos da Libertadores sem passar pelo qualificatório.