Conmebol libera público nos estádios da Libertadores e da Sul-Americana

A Conmebol divulgou um comunicado que libera o público nos estádios a partir das oitavas de final da Libertadores e da S..

Pedro Melo - 11 de julho de 2021, 17:17

(Reprodução/Twitter/Copa América)
(Reprodução/Twitter/Copa América)

A Conmebol divulgou um comunicado que libera o público nos estádios a partir das oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana. Porém, a entidade informou que as cidades terão que autorizar em seus protocolos sanitários.

"A Conmebol considera que o retorno gradual do público é essencial para o desenvolvimento do futebol sul-americano, razão pela qual, se as autoridades nacionais o permitirem, o retorno ao público é autorizado nas referidas competições", diz trecho da nota da Conmebol.

O comunicado da Conmebol foi publicado no dia seguinte da decisão da Copa América entre Brasil e Argentina, que contou com a presença do público no Maracanã. Após a liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro, o estádio recebeu pouco mais de 1,5 mil pessoas.

A medida poderia favorecer o Athletico, que disputa as oitavas de final da Sul-Americana contra o América de Cali. Porém, o Rubro-Negro ainda não vai receber jogos na Arena da Baixada. Na última sexta-feira, o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, revelou que o assunto deve ser discutido apenas entre outubro e novembro.

CONFIRA O COMUNICADO DA CONMEBOL 

A Confederação Sul-Americana de Futebol dá a conhecer o “Protocolo de Recomendações para o Retorno do Público nos Estádios” nos jogos da Conmebol Libertadores e da Conmebol Sul-Americana 2021, a partir das oitavas de final.

Estabelece uma série de recomendações, que devem ser discutidas com as autoridades sanitárias de cada país para sua aplicação e / ou modificação.

A Conmebol considera que o retorno gradual do público é essencial para o desenvolvimento do futebol sul-americano, razão pela qual, se as autoridades nacionais o permitirem, o retorno ao público é autorizado nas referidas competições.