Conselho do Paraná Clube aprova parceria para o departamento de futebol

Pedro Melo

Paraná Clube FDA Sports parceria departamento futebol

O Conselho do Paraná Clube aprovou na noite de terça-feira (01) a parceria do departamento de futebol com a empresa FDA Sports. O acordo já havia sido aprovado pelo Conselho Consultivo e ainda aguarda o aval da Justiça do Trabalho por conta do Ato Trabalhista.

De acordo com informações da rádio Banda B, a FDA Sports investirá R$ 2,9 milhões no futebol paranista até o final da temporada. O valor será pago mensalmente e uma parcela será exclusiva para o pagamento do 13º salário dos jogadores.

O valor aumenta para a temporada de 2022, mas depende da divisão em que o Paraná estará no Campeonato Brasileiro. Se estiver na Série B, o acordo subirá de R$ 7,2 milhões. Porém, caso o Tricolor siga na Série C ou caia para a Série D, a quantia será de R$ 4,9 milhões.

Para finalizar o acordo, a FDA Sports quer 70% dos direitos econômicos de seis jogadores ainda a serem escolhidos. O objetivo é lucrar com a venda no futuro. Porém, a Fifa proíbe desde 2015 que empresas tenham percentuais de atletas – apenas clubes e o próprio jogador são autorizados.

A FDA Sports foi fundada em 2016 e tem sede em Caruaru, no Pernambuco. A empresa fechou parceria com a Campinense, da Paraíba, na Série D do ano passado e atualmente tem um acordo com o Nacional de Patos, também da Paraíba, que joga a quarta divisão. O gerente é o empresário Fagner Marcos da Silva.

PARANÁ CLUBE SOFREU COM QUEDA DE REEITA APÓS REBAIXAMENTO À SÉRIE C

A parceria com a empresa é uma forma do Paraná manter as contas em dia no futebol e ainda reforçar o elenco para voltar à Série B. O Tricolor sofreu com uma queda brusca de receitas após a queda para a terceira divisão e a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil para o Cianorte.

Na temporada de 2021, o Paraná já contratou 25 jogadores, mas seis deles já deixaram o clube: zagueiros Anderson Salles e Jeferson, volantes Mazinho e Ramires Alves, e atacantes Elielton e Da Silva. A expectativa é que com a parceria concretizada, o técnico Maurílio Silva ganhe novas opções.

O treinador até comentou sobre a novidade no departamento de futebol após a derrota na estreia da Série C para o Ypiranga por 2 a 0. “A gente torce para que o clube encontre algo diferente para que possa ajudar e trazer recursos, e consiga fortalecer o elenco. A gente fica na expectativa para que tenha o desfecho bom e consiga trazer peças boas, junto com a diretoria e as pessoas que vão assumir o clube. É muito ruim ver o torcedor se lamentar toda hora. Temos que arrumar alguma coisa para melhorar o mais rápido possível. Temos pouco de dificuldade a nível nacional para que os jogadores tenham tranquilidade”, opinou, em entrevista à Banda B.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="767921" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]