Copa do Mundo
Compartilhar

Melhor defesa x melhor ataque: Brasil encara a Bélgica por vaga na semi; acompanhe

A Seleção Brasileira encara um novo desafio na Copa do Mundo da Rússia, nesta sexta-feira (6), às 15h (de Brasília), na ..

Francielly Azevedo - 06 de julho de 2018, 08:07

Fotos: Thiago Silva à esquerda (Lucas Figueiredo &#124 CBF) e Romelu Lukaku à direita (Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)
Fotos: Thiago Silva à esquerda (Lucas Figueiredo &#124 CBF) e Romelu Lukaku à direita (Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem)

A Seleção Brasileira encara um novo desafio na Copa do Mundo da Rússia, nesta sexta-feira (6), às 15h (de Brasília), na Arena Kazan, diante da Bélgica. O duelo definirá o dono de uma vaga na semifinal da competição. Donos da defesa menos vazada da Copa, ao lado do Uruguai, o Brasil sofreu apenas um gol na competição (contra a Suíça na estreia). Por outro lado, os belgas são donos do melhor ataque desta Copa, com 12 gols anotados, sendo um terço deles marcados pelo vice-artilheiro do torneio Romelu Lukaku.

A boa notícia é que o técnico Tite voltará a contar com o lateral-esquerdo Marcelo, recuperado de dores nas costas. Dessa maneira, Filipe Luís retorna ao banco de reservas.

“Conversei com o Marcelo e o Filipe Luís. O Marcelo saiu por um problema clínico e não voltou no jogo seguinte por um problema físico, só poderia jogar de 45 a 60 minutos. O Filipe Luís jogou muito nos dois jogos, competem os dois, deixam a cabeça do homem um trevo. E por critério volta o Marcelo”, afirmou Tite.

ANÚNCIO

Em contrapartida, o treinador não poderá utilizar Casemiro, suspenso pelo acúmulo de cartões. Quem estará na vaga deixada por ele é o paranaense Fernandinho, que passa a ocupar o meio ao lado de Paulinho, William e Philippe Coutinho.

Outra perda da Seleção às vésperas da partida foi o lateral-direito Danilo. O jogador sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo esquerdo durante o treinamento desta quinta-feira (5) e está fora da Copa do Mundo. Fagner já vinha ocupando a posição desde que Danilo teve uma lesão no quadril

Tite não fez mistérios e confirmou o time titular. Dessa maneira, o Brasil encara a Bélgica com Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar Jr e Gabriel Jesus.

“O poder criativo da Bélgica é muito forte, a qualidade, vai ser um grande jogo. São duas equipes que primam por um futebol bonito, cada um com suas características. A Bélgica tem valores individuais de qualidade, um grande técnico, uma grande campanha. Vai ser um grande jogo”, ressaltou Tite.

Para o duelo, o treinador escolheu novamente Miranda como capitão da equipe. Um dos mais experientes do grupo, o zagueiro volta a receber a braçadeira.

“A seleção brasileira está acostumada e tem responsabilidade de jogar em alto nível. Sabemos das dificuldades do jogo porque a Bélgica exige ainda mais concentração, da nossa capacidade técnica. É um adversário muito forte. Vamos entrar atentos, sabendo que para vencer um grande adversário temos que fazer o melhor”, disse o defensor.

O duelo vale vaga na semifinal, quem vencer avança. Em caso de empate no tempo regulamentar, o jogo segue para dois tempos de 15 minutos de prorrogação. Caso a igualdade permaneça, a decisão será nos pênaltis.

Acompanhe em tempo real.