Versatilidade leva londrinense Fernandinho para sua segunda Copa

Roger Pereira


Uma das joias do PSTC que desembarcou no CT do Caju no início da década passada, o meia Fernandinho foi convocado para sua segunda Copa do Mundo. O jogador faz parte da safra de ouro que saiu das categorias de base do time de Londrina e foi lançado profissionalmente pelo Furacão, nas temporadas 2001 e 2002, ao lado de nomes como Dagoberto, Kleberson e Jadson entre outros.

Com 5 temporadas pelo Furacão, foi um dos destaques do time vice-campeão brasileiro de 2004 e da Libertadores da América em 2005. Logo depois, deixou o clube para disputar oito temporadas pelo Shaktar da Ucrância, até ser contratado, em 2013, pelo Manchester City, seu clube atual.

Natural de Londrina, Fernandinho já esteve entre os titulares da seleção brasileira na Copa de 2014, estando em campo no histórico 7 a 1 sofrido na partida contra a Alemanha, na semifinal da competição.

Técnico campeão brasileiro pelo Atlético em 2001, foi Geninho quem lançou o meia versátil no time principal do Furacão. “O Fernandinho subiu para a equipe principal do Atlético junto com outros jogadores que vinham se destacando na equipe de base, junto com Jadson, logo depois o Dagoberto, pela qualidade que demonstravam. Já demonstravam, naquela época, uma qualidade acima da média e que com certeza acabariam se tornando grande jogadores, que foi o que aconteceu”, conta o atual treinador do Avaí.

“Foi pouco utilizado no período, porque o Atlético tinha um elenco bem qualificado, mais experiente, mas essa garotada acabou fazendo parte daquele bom início do Atlético. Logo depois, todos eles passaram a jogar, tiveram destaque, foram jogar fora do país, confirmando todo aquele potencial que constatamos quando eles vieram jogar na equipe principal”, acrescentou Geninho.

Fundador e presidente do PSTC, Mário Iramina comemora a quarta Copa de um jogador formado pelo clube (Kleberson participou em 2002 e 2010). “É a consolidação do nosso método de trabalho. Aqui não se inventa jogador, mas se dá oportunidade para todos. Nosso forte é a capitação e a indicação dos que têm potencial para que possam desenvolver sua carreira em grandes clubes”, explicou. Ele conta que Fernandinho chegou ao clube como um desconhecido, por indicação de um amigo que atuava no futebol amador da agremiação “e, em 20 minutos de teste, já estava aprovado”.

Iramina destaca a versatilidade do jogador como sua principal característica. “Aprovamos ele para a função de volante, mas ainda aqui, ele atuou como meia, lateral-direito e até zagueiro. Onde a gente colocava, ele se virava. No Atlético, foi muito bem com lateral. Se tivesse optado por esta posição, também estaria, hoje, na seleção brasileira”, afirmou.

FICHA TÉCNICA:

Nome completo: Fernando Luiz Roza

Data de nascimento: 04/05/1985

Local de Nascimento: Londrina (PR)

Posição: Meia

Clube: Manchester City Football Club (ING)

Estreia na Seleção: 10/08/2011 – Brasil 2×3 Alemanha – Amistoso

Minutos em campo pela Seleção: 2.638

Convocações: 56

Jogos: 42

Gols: 2

Primeiro gol marcado: 05/03/2014 – Brasil 5×0 África do Sul – Amistoso

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="523172" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]