Copa América começa nesta sexta (14); veja tudo sobre a competição

Vinicius Cordeiro

Copa América 2019

A Copa América 2019, sediada no Brasil, terá início nesta sexta-feira (14), às 21h30, quando a seleção brasileira enfrenta a Bolívia no Morumbi, em São Paulo.

Além da capital paulista, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Porto Alegre também vão receber os confrontos da 46.ª edição do torneio, que teve início em 1916.

Serão 12 seleções disputando o título. 10 são os tradicionais países da América do Sul, integrantes da Conmebol, e duas foram convidadas – Catar e Japão.

  • Brasil, Bolívia, Peru e Venezuela estão no Grupo A.
  • Argentina, Catar, Colômbia e Paraguai formam o Grupo B.
  • Chile, Equador, Japão e Uruguai compõe o Grupo C.

Os dois melhores de cada chave se classificaram às quartas de final.

CAMPEÕES

Com 15 títulos, o Uruguai é o maior campeão da Copa América. Atrás da Celeste, estão Argentina, com 14 taças, e Brasil, com oito. A última vez que a amarelinha conquistou o troféu foi em 2007, quando Dunga era o técnico.

Chile, Peru e Paraguai somam duas conquistas cada, enquanto Bolívia e Colômbia só venceram uma vez.

ARTILHEIROS 

Jair Rosa Pinto (em 1949), Humberto Maschio (Argentina, em 1975) e Javier Ambrois (Uruguai, em 1975) são os maiores goleadores da Copa América em uma única edição.

Já os maiores artilheiros são Norbérto Mendez e Zizinho, com 27 gols cada. O argentino precisou de três edições para balançar as redes tantas vezes, enquanto o brasileiro participou em seis edições.

MAIOR GOLEADA

O maior atropelo da história do torneio aconteceu em 1946, quando a Argentina aplicou um sonoro 12 a 0 sobre Equador. Os hermanos também tem o maior número de gols marcados: são 455 nas 41 participações.

CONVOCADOS

seleção brasileira
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Tite selecionou 23 nomes para integrar a seleção brasileira nesta edição.

Inicialmente, o craque Neymar fazia parte dos planos do comandante. Entretanto, o camisa 10 sofreu uma lesão na vitória por 2 a 0 sobre o Catar na semana passada e acabou sendo cortado. Quem ganhou a chance de integrar o grupo foi Willian, que também esteve na Copa do Mundo da Rússia.

Confira a lista final de Tite:

Goleiros – Alisson (Liverpool); Éderson (Manchester City) e Cássio (Corinthians)

Laterais – Daniel Alves (PSG) e Fágner (Corinthians); Alex Sandro (Juventus) e Filipe Luís (Atlético de Madrid).

Zagueiros – Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Eder Militão (Real Madrid).

Meio campistas – Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Lucas Paquetá (Milan) e Phillipe Coutinho (Barcelona).

Atacantes – Willian (Chelsea), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), David Neres (Ajax), Everton (Grêmio) e Richarlison (Everton).

 

Previous ArticleNext Article