Com confusão da arbitragem, Cruzeiro vence o Corinthians e sai da ZR

Vinicius Cordeiro

corinthians cruzeiro campeonato brasileiro fagner

De virada, o Corinthians perdeu para o Cruzeiro por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro, em um jogo decidido por uma confusão da arbitragem. Fagner abriu o placar, anotando o gol de número 11 mil da história do clube. Entretanto,  Fred igualou em cobrança de pênalti e Éderson selou a virada dos mineiros.

O problema foi que os paulistas reclamaram do lance porque o auxiliar Fabinho Félix levantou a bandeira (assinalando impedimento) – o que fez com que os corintianos desistissem da jogada.

O problema foi que Éderson se aproveitou de um passe errado de Fagner. Ou seja, o gol foi legal e acabou sendo confirmado pelo árbitro Bruno Arleu, que ainda expulsou o técnico Fábio Carille por reclamação.

O duelo deste sábado (19), válido pela 27ª rodada, aconteceu na Arena Corinthians, em São Paulo e teve um público de 31.882 pessoas.

TABELA E PRÓXIMOS JOGOS 

Com o resultado, o Corinthians segue com 44 pontos e na quarta posição. Entretanto, o time pode ser ultrapassado pelo rival São Paulo, que enfrenta o Avaí no Morumbi.

Do outro lado, o Cruzeiro chega ao segundo triunfo seguido. Com 28 pontos conquistados, a Raposa aparece na 16ª posição após ultrapassar – provisoriamente – CSA e Ceará, que somam dois pontos a menos.

Os alagoanos e cearenses entram em campo na segunda-feira (21), contra Botafogo e Bahia, respectivamente. Se algum deles vencer, os mineiros voltam ao Z4.

OS GOLS

Fagner comemorando o gol de número 11 mil do Corinthians. (Anderson Lira/Brazil Photo Press/Folhapress)

O Corinthians começou sufocando, mas o Cruzeiro conseguiu equilibrar a partida. Mesmo assim, os donos da casa abriram o placar aos 33 minutos. Danilo Avelar cruzou e Gustavo disputou Fabrício Bruno. A bola sobrou para Fagner, que pegou firme para acertar um lindo chute cruzado e abrir o placar.

Entretanto, a vantagem corintiana durou alguns minutos. Depois da bola levantada na área, Marquinhos Gabriel cabeceou e a bola bateu no braço de Bruno Méndez. Fred foi para a cobrança do pênalti e acertou o canto do gol para deixar tudo igual.

Na etapa final, o Corinthians aumentou a pressão. Aos 25, Éderson se aproveitou do erro de Fagner e driblou o goleiro Walter para empurrar para das redes.

De resto, Fábio fez boa defesas nos chutes de Pedrinho e Jadson para garantir o triunfo cruzeirense.

Previous ArticleNext Article