Corinthians perde do Atlético-GO e se complica na Copa do Brasil

Jorge de Sousa

Corinthians perde do Atlético-GO e se complica na Copa do Brasil

O Corinthians foi derrotado por 2 a 0 pelo Atlético-GO na noite desta quarta-feira (2) e ficou em situação complicada no confronto válido pela terceira fase da Copa do Brasil.

Ronald e João Paulo marcaram os gols da partida realizada na Neo Química Arena, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O duelo de volta será realizado no Antônio Accioly, em Goiânia, na próxima quarta-feira (9), às 21h30.

A Copa do Brasil não prevê o critério do gol qualificado, dessa forma qualquer vitória por dois gols de diferença do Corinthians leva a decisão da vaga para as penalidades. Derrota por até um gol de diferença dá a vaga ao Atlético-GO, enquanto o Timão precisa vencer por mais de três gols para se classificar nos 90 minutos.

A equipe que garantir a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil irá embolsar mais R$ 2,7 milhões em premiação, sendo que o Atlético-GO e o Corinthians acumulam até o momento R$ 4,2 milhões por ter chego a terceira fase.

ATLÉTICO-GO EFICIENTE NA TRANSIÇÃO CASTIGA CORINTHIANS

O Atlético-GO deu mostras que vinha forte no contra-ataque rápido logo aos seis minutos. Dudu avançou pela direita e cruzou rasteiro para Zé Roberto finalizar perto do poste direito.

Aos nove minutos, o Dragão conseguiu abrir o placar. João Paulo lançou Dudu na linha de fundo e o lateral cruzou rasteiro para Ronald completar na pequena área.

O Dragão ampliou o marcador aos 19 minutos. Raul Gustavo errou tentativa de passe no campo de ataque e a bola ficou com Ronald na direita, com o centroavante levando até a linha de fundo e rolando rasteiro para João Paulo finalizar para as redes.

A primeira chance de perigo criada pelo Corinthians saiu aos 40 minutos. Ramiro aproveitou rebote na direita e cruzou para Araos testar para o chão, parando em boa defesa de Fernando Miguel.

O goleiro voltou a salvar o Atlético-GO aos 12 minutos. Fagner cruzou na medida para Mateus Vital testar no canto direito e Fernando Miguel novamente espalmar.

Mas a situação complicou de vez para o Corinthians aos 17 minutos. Fagner derrubou Zé Roberto na faixa central e por ter impedido o contra-ataque recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso pelo árbitro Braulio da Silva Machado.

O Atlético-GO ainda teve duas chances claras para ampliar o marcador na segunda etapa. Aos 32 minutos, Pablo Dyego foi lançado na área por Arnaldo e finalizou em cima de Cássio.

Na cobrança de escanteio curta, João Paulo cruzou na medida para Lucão na área, mas o centroavante não conseguiu cabecear a bola, que acertou o ombro do jogador e carimbou o travessão.

LEIA MAIS: Presidente do Coritiba, Renato Follador é internado com Covid-19

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="768068" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]