Corinthians vence Retrô nos pênaltis e segue vivo na Copa do Brasil

Jorge de Sousa

Corinthians vence Retrô nos pênaltis e segue vivo na Copa do Brasil

O Corinthians venceu o Retrô nas penalidades por 5 a 3, após 1 a 1 no tempo normal, e conseguiu avançar para a terceira fase da Copa do Brasil, após jogo tenso nesta sexta-feira (26).

A partida foi realizada no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema, após o Governo de São Paulo não autorizar a realização de jogos no estado com o agravamento da pandemia da Covid-19.

No tempo normal, Otero abriu o placar para o Corinthians e Mayco Félix empatou para o Retrô. Já nas penalidades, Gelson bateu no travessão e foi o único jogador a desperdiçar uma cobrança.

A classificação rende mais R$ 1,7 milhão aos cofres do Corinthians, que já havia embolsado outros R$ 2,5 milhões por ter chego até a segunda fase da Copa do Brasil.

A terceira fase da Copa do Brasil irá contar com a participação dos 20 times classificados da fase anterior e os 12 times oriundos da Copa Libertadores, nono colocado do Campeonato Brasileiro do ano passado e campeões da Copa do Nordeste, Campeonato Brasileiro da Série B e da Copa Verde.

Os confrontos da terceira fase da Copa do Brasil serão definidos em sorteio, que ainda não tem data marcada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

CORINTHIANS SOFRE E LEVA VAGA APENAS NAS PENALIDADES

O Corinthians criou a primeira chance logo no minuto inicial da partida. Rodrigo Varanda foi lançado na área, chegou a fintar Jean, mas o drible ficou longo e a zaga do Retrô fez o corte.

Nova chance do Corinthians aos sete minutos. Otero bateu falta lateral fechada, a bola passou por toda área e e saiu rente ao poste direito de Jean.

Rodrigo Varanda teve mais uma oportunidade aos 15 minutos. Após saída de bola errada, Cazares recuperou a posse e serviu Jô, que fez o pivô para Varanda fintar Jean, mas ser travado por Del’Amore na pequena área.

Gelson perdeu grande chance para abrir o placar para o Retrô. Aos 16 minutos, o volante recebeu por elevação nas costas da zaga, mas errou a finalização de primeira.

Mas aos 18 minutos, o Corinthians conseguiu abrir o placar. Otero bateu falta da entrada da área no ângulo esquerdo para marcar o primeiro gol de falta com a camisa do Timão.

Gil salvou o empate do Retrô aos 37 minutos. João Braga recebeu na área, deu meia-lua em Fábio Santos, mas o zagueiro fez o corte na pequena área para evitar a finalização.

O Retrô voltou a levar perigo aos seis minutos do segundo tempo. Kauê bateu falta lateral fechada e a bola passou rente ao travessão de Cássio.

O Corinthians respondeu aos 18 minutos. Otero bateu escanteio da esquerda fechado e Jemerson apareceu livre no segundo poste, mas testou por cima da meta.

Jean salvou o Retrô aos 24 minutos. Otero bateu falta lateral da direita, a bola fez bonita curva e o goleiro foi buscar a bola no canto esquerdo.

Jemerson perdeu outra chance incrível aos 30 minutos. Otero bateu escanteio da esquerda, Gil resvalou de cabeça e o zagueiro tentou a finalização no segundo poste, mas mandou á direita da meta.

Cássio fez a primeira defesa aos 36 minutos. Thiaguinho recebeu na direita e bateu firme no canto direito para o goleiro espalmar para a linha de fundo.

A pressão do Retrô resultou em empate aos 38 minutos. Após cobrança de escanteio da direita, Mayco Félix testou firme, Cássio resvalou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Jô ainda teve boa oportunidade aos 46 minutos. Fabio Santos cruzou na medida da esquerda e o centroavante resvalou de cabeça, mas a bola passou perto do poste direito.

Nas penalidades, Fábio Santos acertou o ângulo direito, Gelson carimbou o travessão, Jô bateu firme no canto direito, Neilson bateu colocado na direita, Léo Natel encheu o pé no meio do gol, Guilherme também acertou o ângulo direito, Ramiro bateu forte no meio e Jean não conseguiu espalmar, Thallyson também buscou o canto direito e Fagner bateu firme no canto esquerdo para garantir a classificação do Corinthians.

LEIA MAIS: Caso Rony: Athletico obtém fim da suspensão e pode contratar novos jogadores

Previous ArticleNext Article