Corinthians e Athletico-PR empatam e seguem vivos pela Libertadores

Jorge de Sousa

Corinthians e Athletico-PR empatam e seguem vivos por Libertadores no Campeonato Brasileiro

Corinthians e Athletico-PR empataram em 3 a 3 na noite desta quarta-feira (10) em duelo direto por uma vaga na próxima Copa Libertadores no Campeonato Brasileiro.

Gustavo Mosquito (duas vezes) e Gabriel marcaram para o Corinthians e Abner Vinícius, Fernando Canesin e Vitinho balançaram as redes pelo Athletico-PR.

O duelo foi realizado na Neo Química Arena, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate manteve o Corinthians na oitava posição com 49 pontos, apenas dois acima do Athletico-PR (décimo colocado). Se Palmeiras ou Grêmio vencerem a Copa do Brasil e terminarem entre os sete primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, o oitavo balizado na competição leva vaga na próxima Copa Libertadores.

As duas equipes voltam a campo neste domingo (14). O Corinthians viaja para enfrentar o Flamengo no Maracanã, às 16h, enquanto o Athletico-PR recebe o Atlético-GO na Arena da Baixada, às 18h15.

CORINTHIANS E ATHLETICO-PR COM JOGO DE GALA EM SÃO PAULO

O Corinthians conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos de jogo. Gustavo Mosquito recebeu na direita, deu chapéu em Abner Vinícius e bateu sem deixar a bola cair no chão no canto esquerdo.

Santos evitou o segundo gol do Corinthians aos nove minutos. Otero deu belo passe para Léo Natel na área, só que o goleiro saiu rápido do gol e fechou o ângulo da finalização.

O Athletico-PR conseguiu empatar o jogo aos 13 minutos. Fernando Canesin recebeu de Renato Kayer e rolou para Abner Vinícius emendar de primeira no ângulo direito.

Na bola parada, o Corinthians voltou a liderar o placar aos 17 minutos. Otero bateu escanteio da direita, Gil testou e Gabriel mandou de peixinho para as redes.

Léo Natal ficou perto de marcar aos 26 minutos. O atacante fintou Thiago Heleno e bateu colocado, errando por pouco o poste direito de Santos.

O goleiro do Athletico-PR voltou a aparecer aos 32 minutos. Bruno Méndez lançou Mosquito na área e o atacante tentou a finalização de cavadinha, mas Santos deu um tapa na bola para evitar o gol.

O Athletico-PR foi novamente buscar o empate aos 33 minutos. Nikão abriu para Carlos Eduardo cruzar fechado, Cássio espalmou a bola, que sobrou para Fernando Canesin bater para o gol vazio.

A primeira chance do segundo tempo foi do Athletico-PR. Logo aos dois minutos, Vitinho puxou contra-ataque e bateu cruzado rente ao poste esquerdo.

Santos fez duas defesas seguidas aos seis minutos. Léo Natel finalizou da entrada da área e o goleiro espalmou, mas o rebote ficou com Mosquito, que bateu firme para nova intervenção do arqueiro.

A resposta do Athletico-PR veio aos oito minutos. Renato Kayser foi lançado na área, fintou Cássio, mas ficou sem ângulo para bater e rolou para Nikão chutar e a bola explodir em Gil, com Vitinho ainda ficando com o rebote e carimbando o travessão.

O Corinthians voltou a assumir a liderança do jogo aos dez minutos. Araos deu belo passe para Mosquito pelo meio da zaga e o atacante bateu cruzado para vencer Santos.

Só que o Athletico-PR buscou mais uma vez o empate aos 27 minutos. Nikão lançou Fernando Canesin na direita e o meia cruzou na área, Renato Kayzer não alcançou, mas Vitinho finalizou para o fundo das redes.

Gil ainda teve a última chance de gol aos 46 minutos. Lucas Piton bateu escanteio da esquerda e o zagueiro testou firme, mas mandou a bola à esquerda da meta.

LEIA MAIS: Band irá transmitir a F-1 com exclusividade no Brasil até 2022

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="744804" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]