Red Bull Bragantino vence Corinthians e embola briga pela Libertadores

Jorge de Sousa

Red Bull Bragantino vence Corinthians e embola briga pela Libertadores no Campeonato Brasileiro

O Red Bull Bragantino venceu o Corinthians por 2 a 0 na noite desta segunda-feira (25) e embolou a briga pelas vagas para a Copa Libertadores no Campeonato Brasileiro.

Helinho e Claudinho marcaram os gols da vitória do Bragantino.

O duelo foi realizado na Neo Química Arena, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Com a presença do Palmeiras nas finais da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, com Santos (Libertadores) e Grêmio (Copa do Brasil) também como finalistas, as chances do G-6 virar ao menos G-7 e o Campeonato Brasileiro classificar sete equipes para o torneio continental são grandes.

Dessa forma, o Corinthians na décima colocação com 45 pontos e o Bragantino na 11ª com 44 seguem vivos na disputa, porque o sétimo colocado Fluminense tem 50 pontos.

O Bragantino volta a campo para enfrentar o Internacional no Beira-Rio, no domingo (31), às 18h15, enquanto o Corinthians cumpre jogo atrasado contra o Bahia, nesta quinta-feira (28), às 19h.

CLAUDINHO APLICA ‘LEI DO EX’ E COMANDA VITÓRIA DO BRAGANTINO

O Red Bull Bragantino conseguiu abrir o placar logo no primeiro minuto da partida. Fabio Santos errou na saída de bola, que sobrou para Helinho na entrada da área. O atacante ajeitou o corpo e bateu firme no canto direito de Cássio.

Cleiton quase ‘entregou’ empate ao Corinthians aos sete minutos. Mateus Vital cruzou da esquerda, a bola pegou efeito e o goleiro entrou dentro do gol, mas manteve a bola sobre a linha.

Nova chance do Corinthians aos 26 minutos. Cazares recebeu na entrada da área e tentou a batida colocada no canto direito para Cleiton defender.

Só que foi o Bragantino quem marcou aos 43 minutos. Aderlan deu belo passe para Ytalo na área e o centroavante ajeitou para Claudinho tocar de cavadinha contra Cássio.

A primeira chance de perigo da segunda etapa foi criada pelo Corinthians. Otero recebeu na direita e tentou a batida colocada, errando por pouco o poste esquerdo.

Cleiton voltou a aparecer aos 26 minutos. Ramiro foi acionada pela faixa central e finalizou firme para o goleiro espalmar no canto direito.

Aos 29 minutos, foi a vez de Cássio aparecer. Claudinho bateu escanteio da direita e a bola chegou livre para Ligger testar firme para o goleiro espalmar.

O Bragantino voltou a levar perigo aos 39 minutos. Hurtado puxou contra-ataque pelo meio e tinha a opção do passe para Artur, mas preferiu finalizar da entrada da área e mandou à esquerda da meta.

Léo Ortiz salvou o Bragantino aos 43 minutos. Cuello tentou recuo com o peito para Cleiton e Fábio Santos roubou a bola na área, fintou o goleiro, mas o zagueiro chegou de carrinho para fazer o corte na pequena área.

LEIA MAIS: Cruzeiro e Felipão rescindem contrato após permanência na Série B

Previous ArticleNext Article