Palmeiras vence Corinthians e quebra jejum de nove jogos contra rival

Jorge de Sousa

Palmeiras vence Corinthians e quebra jejum de nove jogos contra rival

O Palmeiras venceu o Dérbi contra o Corinthians por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (10) e encerrou um jejum de nove jogos sem vitórias contra o rival.

Luiz Adriano (pênalti) e Gabriel Veron marcaram os gols da vitória do Palmeiras.

O duelo foi realizado na Neo Química Arena, em São Paulo, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixa o Palmeiras com 16 pontos e vai terminar uma rodada pela primeira vez entre os quatro primeiros da competição. Já o Corinthians fica estacionado com nove pontos, na 13ª colocação.

As duas equipes entram em campo neste domingo (13) pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

O Corinthians viaja para enfrentar o Fluminense no Maracanã, às 16h, enquanto o Palmeiras recebe o Sport no Allianz Parque, às 19h45.

ERRO DE FAGNER FACILITOU VITÓRIA DO PALMEIRAS

A primeira chance do jogo foi criada pelo Palmeiras aos quatro minutos. Gabriel Menino deu bom passe para Zé Rafael na entrada da área e o meia finalizou firme, mas Cássio defendeu em dois tempos.

O Corinthians respondeu com Otero. Aos 12 minutos, o venezuelano pegou rebote de escanteio na entrada da área, batendo com a bola na subida e carimbou o travessão.

Otero arriscou novamente de meia distância aos 13 minutos. Em cobrança de falta da intermediária, o meia pegou forte na bola, mas Weverton fez a defesa sem dificuldades.

A resposta do Palmeiras veio aos 22 minutos. Wesley fez fila e lançou Zé Rafael na área, só que o meia chutou torto e perdeu grande chance.

Nova chance do Palmeiras aos 25 minutos. Lucas Lima bateu escanteio da esquerda e Gustavo Gómez escorou no canto esquerdo para Cássio defender.

Cássio apareceu novamente aos 29 minutos. Zé Rafael roubou bola no campo de ataque e lançou Wesley na área. O atacante finalizou firme, mas o goleiro espalmou para a linha de fundo.

O Palmeiras teve um pênalti a favor aos 40 minutos. Luiz Adriano lançou Wesley na área e o atacante parou em Cássio, mas o rebote ficou com Lucas Lima. O meia tentou a finalização por cobertura e Fagner fez o corte com o braço na pequena área. Penalidade marcada por Leandro Vuaden.

Luiz Adriano pediu a bola e bateu firme no canto direito, deslocando Cássio que caiu para o lado esquerdo.

A primeira chance da segunda etapa foi criada pelo Corinthians. Michel avançou pela direita e cruzou na medida para Otero, que tentou uma finalização de puxeta, mas mandou à direita da meta.

Gabriel Menino teve boa chance aos seis minutos. Lucas Lima bateu escanteio curto e o meia arriscou da lateral da área, mas a bola passou à esquerda da meta.

Cássio salvou mais uma vez o Corinthians aos nove minutos. Patrick de Paula encontrou Lucas Lima na entrada da área e o meia finalizou firme para o goleiro espalmar.

A resposta do Corinthians veio em mais uma cobrança de falta de Otero. Em cobrança da intermediária, o venezuelano bateu no canto esquerdo e Weverton fez a defesa de manchete.

Só que o Palmeiras ampliou o placar aos 19 minutos. Lucas Lima roubou bola de Lucas Piton e lançou Willian na ponta esquerda. O atacante invadiu a área e cruzou rasteiro para Gabriel Veron apenas empurrar para as redes.

O Corinthians ficou perto de diminuir o placar aos 32 minutos. Lucas Piton avançou pela esquerda e cruzou na área. Jô se enroscou com Viña e a bola sobrou para Michel, que finalizou na rede pelo lado de fora.

A situação ficou ainda mais complicada para o Corinthians aos 39 minutos. Danilo Avelar entrou de sola na canela de Patrick de Paula, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando a equipe com nove jogadores em campo.

LEIA MAIS: Bruno Soares e Mate Pavic são campeões de duplas do US Open

Previous ArticleNext Article