Corinthians vence o Ceará, complica os nordestinos e se garante na Libertadores

Vinicius Cordeiro

corinthians ceará brasileirão

O Corinthians venceu com o Ceará por 1 a 0 nesta quarta-feira (4) e complicou os nordestinos na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O duelo, válido pela penúltima rodada da Série A em 2019, foi realizado na Arena Castelão e definido com o gol do atacante Gustavo. Com o triunfo, o Timão está matematicamente classificado para a Libertadores em 2020.

A etapa final do jogo foi emocionante. O árbitro Rafael Traci foi ao VAR para rever um suposto pênalti de Fágner em Leandro Carvalho. Contudo, o juiz assinalou um toque no braço do atacante e anulou a jogada.

No fim, Lima acabou sendo expulso pelo Vôzão. Com um homem a mais, o Corinthians contou com Gustavo, de cabeça, para garantir a vitória. Para completar, Janderson e Boselli carimbaram a trave do goleiro Diogo Silva.

Ao apito final, a torcida do Ceará ainda protestou contra a equipe.

TABELA DO BRASILEIRÃO: CEARÁ SECA O CRUZEIRO

Com o resultado, o Corinthians aparece na sétima posição com 56 pontos, dois a mais que o Internacional. Entretanto, os gaúchos encaram o São Paulo no Morumbi, às 21h30, e ainda podem recuperar a colocação.

Já o Vôzão está na 16ª posição com 38 pontos, dois a mais que o Cruzeiro. Os mineiros enfrentam o Grêmio nesta quinta-feira (5). Em caso de vitória da Raposa, os cearenses entram no Z4. Ou seja, o Ceará torce para o revés do Cruzeiro.

Na última rodada, o Corinthians recebe o Flu em Itaquera. O duelo acontece neste domingo (8), às 16h.

Por fim, no mesmo dia e horário, o Ceará entra em campo pela sua permanência na Série A contra o Botafogo, no Engenhão.

O JOGO: VAR, EXPULSÃO E GOL NO FINAL

Gustavo anotou o gol do triunfo corintiano. (Rodrigo Gazzanel /Ag. Corinthians)

A etapa final foi emocionante no Ceará. Com um minuto de jogo, Janderson bateu firme e carimbou a trave do goleiro Diogo Silva.

Depois, aos sete, o árbitro Rafael Traci foi ao VAR para rever um suposto pênalti de Fágner em Leandro Carvalho. Contudo, o juiz assinalou um toque no braço do atacante e anulou a jogada.

Precisando da vitória, o Ceará martelou o gol de Cássio. Na melhor chance, o zagueiro Eduardo Brock soltou uma bomba e a bola saiu tirando tinta da trave.

Contudo, aos 25 minutos, Lima complicou a situação dos nordestinos. Mesmo amarelado, ele deu uma solada em Ramiro e acabou expulso.

Com um a menos, o Ceará sofreu o gol. Janderson fez linda jogada pela esquerda e driblou dois defensores antes de ganhar o escanteio. Na cobrança, Clayson levantou na área e Gustavo cabeceou firme para as redes.

Por fim, Boselli ainda acertou a trave do Vôzão e quase marcou o segundo.

Previous ArticleNext Article