Corinthians vence a Chapecoense e se mantém vivo na briga pelo título

Jorge de Sousa

Corinthians - Chapecoense - Campeonato Brasileiro

Sob muita chuva em Chapecó, o Corinthians conseguiu sua terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro e se manteve firme na briga pelo título da competição, com o triunfo por 2 a 1 sobre a Chapecoense, na noite desta quarta-feira (2).

O gol da vitória do Corinthians foi marcado por Danilo Avelar no segundo tempo.

O duelo válido pela 21ª rodada do Brasileirão foi realizado na Arena Condá, em Chapecó.

A vitória mantém o Corinthians na quarta colocação, mas diminuiu a desvantagem da equipe para o líder Flamengo para oito pontos.

Já a Chapecoense segue na lanterna do Campeonato Brasileiro e fica a sete pontos de distância do Fluminense, primeira equipe fora da zona de rebaixamento da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

A Chapecoense recebe o Flamengo na Arena Condá, no próximo domingo (6), às 11h

Já o Corinthians viaja até Porto Alegre para encarar o Grêmio, no próximo sábado (5), às 19h.

O JOGO

O Corinthians levou perigo logo no primeiro minuto do jogo. Após cobrança de escanteio, Gil cabeceou em cima da marcação. A bola sobrou para Pedrinho, que finalizou travado e a bola passou perto do travessão.

A Chapecoense respondeu aos 28 minutos. Everaldo recebeu bola no ataque e finalizou firme para boa intervenção de Cássio.

Novamente o Corinthians levou perigo logo no primeiro minuto. Dessa vez, Danilo Avelar fez o cruzamento, a marcação afastou provisoriamente e Pedrinho emendou chute da entrada da área. A bola passou perto do travessão de Tiepo.

O Corinthians voltou a pressionar aos três minutos. Sornoza avançou pelo centro e finalizou perto do poste direito de Tiepo.

Aos nove minutos, a Chapecoense respondeu. Eduardo recebeu na intermediária e finalizou firme para defesa em dois tempos de Cássio.

O Corinthians marcou o seu gol aos 17 minutos. Clayson cobrou escanteio da esquerda e Danilo Avelar subiu na marca do pênalti para escorar no canto direito de Tiepo e abrir o placar.

A Chapecoense teve suas melhores chances no jogo aos 25 minutos. Régis cruzou da esquerda e encontrou Renato Kayser na marca do pênalti. O atacante finalizou de primeira e Cássio fez a defesa, no rebote a bola sobrou para Camilo que emendou o chute. Novamente o goleiro espalmou e salvou o Corinthians.

Previous ArticleNext Article