Corinthians vence Ituano com virada na raça e gols de Giuliano e Paulinho

Na noite deste domingo (6), o pressionado Corinthians voltou a vencer no Campeonato Paulista, ao bater o Ituano por 3 a 2.

Yago Rudá - Folhapress - 06 de fevereiro de 2022, 21:22

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Na noite deste domingo (6), o pressionado Corinthians voltou a vencer no Campeonato Paulista. Comandado pelo interino Fernando Lázaro, o Timão saiu em desvantagem contra o Ituano, e na base da raça buscou forças para, com gols de Giuliano e Paulinho, derrotar a equipe do interior por 3 a 2.

O resultado positivo afasta temporariamente as críticas em cima da equipe, que segue em busca de um novo treinador após a demissão de Sylvinho.

O primeiro tempo foi todo do Ituano, que chegou a fazer dois gols em sete minutos de jogo - um deles anulado por posição ilegal. Nervoso e desorganizado, o Corinthians sofria com os contra-ataques e flertou com um vexame no Novelli Júnior. Na etapa final, no entanto, Giuliano organizou o meio de campo dos visitantes, que conseguiram buscar a virada na base da raça e do talento de seus jogadores mais experientes.

O resultado leva o Corinthians aos sete pontos ganhos no Grupo A do Paulistão, chave que lidera até o momento. O Ituano conheceu sua primeira derrota no estadual e é o terceiro colocado do Grupo C, com os mesmos sete pontos, porém atrás de Palmeiras (10) e Mirassol (8).

O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira (10), às 21h30 (horário de Brasília) para encarar o Mirassol, na Neo Química Arena, pela 5ª rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O Ituano joga um dia antes, contra o Água Santa, em Diadema.

Os minutos iniciais da partida foram de completo domínio do Ituano, que logo aos 5 minutos de jogo abriu o placar com Neto Berola em rápida jogada de contra-ataque.

Dois minutos depois, o lateral Roberto entrou na área, ganhou vantagem em relação a João Victor e chutou rasteiro. A bola passou por entre as pernas do goleiro Cássio e estufou as redes, mas logo o lance foi anulado por conta da posição de impedimento do autor do gol.

Na sequência, o Corinthians se lançou ao ataque em busca do empate, porém seguiu sofrendo com as subidas do Ituano. Em uma jogada individual de Paulinho, o goleiro Pegorari o derrubou dentro da área e o juiz marcou pênalti. Fábio Santos bateu e colocou a partida em igualdade novamente. No entanto, no fim da etapa inicial, o Ituano voltou a ficar em vantagem com Cleberson, de cabeça, após falha do Timão na marcação dentro área.

No segundo tempo, Fernando Lázaro colocou Giuliano na vaga de Cantillo e o Corinthians teve uma outra dinâmica, bem mais agressiva. O camisa 11 não precisou nem de um minuto sequer para empatar a partida ao aproveitar cruzamento de Roger Guedes. Depois, Gabriel Pereira entrou no lugar de Jô e deu a assistência para Paulinho, de cabeça, dar número finais ao duelo no interior de São Paulo.

ITUANO 2 x 3 CORINTHIANS

Data: 06/02/2022

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)

Hora: 18h30 (de Brasília)

Cartões amarelos: Pacheco e Córdoba (Ituano); Paulinho e Fábio Santos (Corinthians)

Gols: Neto Berola, do Ituano, aos 5 minutos do 1º tempo; Fábio Santos, do Corinthians, aos 30 minutos do 1º tempo; Cleberson, do Ituano, aos 41 minutos do 1º tempo; Giuliano, do Corinthians, a 1 minuto do 2º tempo; e Paulinho, do Corinthians, aos 25 minutos do 2º tempo.

ITUANO
Pegorari; Pacheco (Iago Telles), Cleberson (Lucas Dias), Bernardo, Rafael Pereira e Roberto; Kaio (Córdoba), Jiménez e Gerson Magrão; Rafael Elias e Neto Berola (Gabriel Barros). Técnico: Mazola Júnior.

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Giuliano), Paulinho (Du Queiroz) e Renato Augusto; Gustavo Mosquito (Willian), Roger Guedes e Jô (Gabriel Pereira). Técnico: Fernando Lázaro.

LEIA MAIS: Mané se redime de pênalti perdido e dá a Senegal título inédito na Copa Africana