Corinthians vence o Bahia e reage no Brasileirão após protestos da torcida

Vinicius Cordeiro


O Corinthians derrotou o Bahia por 2 a 1, neste sábado (21), e voltou a vencer no Brasileirão. O atacante Vágner Love, em pênalti assinalado com o auxílio do VAR, anotou o gol que abriu o placar. Gilberto, também em pênalti com a ajuda do VAR, igualou pelos baianos, mas viu Clayson decretar o triunfo paulista. O duelo, válido pela 20ª rodada, foi realizado em Itaquera e contou com um público de 29.811 pessoas.

O Timão vinha de uma série ruim: derrota para o Fluminense e empate com o Ceará, além do revés para o Independiente Del Valle na Copa Sul-Americana. Além disso, a equipe sofreu com protestos da torcida no CT Joaquim Grava, mas deu a resposta dentro de campo.

Do outro lado, o Bahia estava há nove jogos invicto no Brasileirão. A última derrota da equipe tinha sido no dia 13 de julho, quando foi superada pelo Santos.

Com o resultado, o Corinthians fica na quarta posição, com 35 pontos. Já o Bahia, com 31 pontos, se mantém na sétima colocação.

PRÓXIMOS JOGOS

Por causa da Sula, o Corinthians só volta a campo pelo Brasileirão contra o Vasco. O duelo, válido pela 22ª rodada, está marcado para o próximo domingo (28), às 11h, na Arena Corinthians.

Contudo, a prioridade do clube é o confronto contra o Del Valle. Na ida, o Timão perdeu por 2 a 0 para os equatorianos. Agora, o time precisa vencer por três gols de diferença para chegar à final da competição continental.

Por fim, o confronto contra a Chapecoense, pela 21ª rodada, foi adiada para o dia 2 de outubro.

Do outro lado, o Bahia enfrenta o Botafogo na próxima quarta-feira (25), às 21h30, na Arena Fonte Nova. O jogo vale pela 21ª rodada da Série A.

PRESSÃO DO CORINTHIANS

Querendo dar a resposta ao torcedor, o Corinthians sufocou o Bahia no início da partida. Em boas chances, Clayson e Sornoza carimbaram a trave do goleiro Douglas, animando a torcida.

Os baianos responderam em um contra-ataque. Gilberto recebeu no ataque e arriscou o chute de fora da área, mas mandou por cima.

Aos 35 minutos, o Bahia reclama de um pênalti em cima de Élber. O camisa 7 arrancou do meio campo e só foi parado dentro da área, após sofrer um choque de Ralf. Dewson Fernando Freitas da Silva foi ao VAR, mas não assinalou o pênalti a favor dos visitantes.

Entretanto, aos 41, Ralf apareceu na área de ataque e cruzou. A bola bateu no braço esticado de Juninho e, após ver o VAR, o árbitro marcou a penalidade. Vágner Love foi para a cobrança e bateu firme, no alto, para abrir o marcador. Além disso, Love chegou aos 12 gols no ano e se isolou na artilharia do Corinthians da temporada.

Na etapa final, Manoel assustou de cabeça no primeiro minuto, mas a bola saiu por cima do gol.

Aos 18, o juiz foi ao VAR para analisar uma jogada de Clayson em cima de Gregore e acabou marcando pênalti para o Bahia. Na batida, Gilberto deslocou Cássio e igualou tudo em Itaquera.

Mas Clayson foi de vilão à herói: aos 28, o atacante recebeu lançamento e cortou Douglas da jogada. Ele deu um toque rápido para tirar de Lucas Fonseca e impediu Nino Paraíba de cortar a bola antes dela entrar na meta baiana.

Após o apito final, os laterais Fagner e Moisés ainda se estranharam. Os dois começaram uma roda de discussões, mas tudo acabou sendo apaziguado.

Previous ArticleNext Article