câmara dos deputados
Compartilhar

Coritiba arranca empate na Bahia, mas não deixa a vice-lanterna

Um empate fora de casa, diante do Bahia, depois de virar o primeiro tempo perdendo, até poderia ser considerado um bom r..

Roger Pereira - 30 de setembro de 2017, 18:09

Um empate fora de casa, diante do Bahia, depois de virar o primeiro tempo perdendo, até poderia ser considerado um bom resultado. Mas na situação do Coritiba, vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, o 1 a 1 da tarde deste sábado, diante de um adversário direto na luta contra o Rebaixamento, não pode ser comemorado. Ainda mais que é o sétimo jogo sem vitória do Coxa, que ainda não venceu no returno da competição.

O Coritiba fez um primeiro tempo bastante equilibrado, teve chances de gol e ainda reclamou de um pênalti do goleiro Jean em Henrique Almeida. Mas, aos 44 minutos, uma falha individual de Werley mudou o jogo. O zagueiro tentou recuar de peito para Wilson e entregou de graça para Zé Rafael, que apenas empurrou para gol, abrindo o placar para os donos da casa.

O Verdão superou o baque no segundo tempo e partiu para o ataque, conseguindo o empate aos 18 minutos, quando Léo cruzou na medida para Rildo. Melhor jogador coxa-branca em campo, o atacante foi premiado com o gol de empate.

Com o resultado o Coritiba segue na zona de rebaixamento, em penúltimo, com 28 pontos. O Bahia ganhou, temporariamente, duas posições, chegando ao 11º lugar, com 31 pontos.

1 a 1 também no Rio

No outro jogo da rodada das 16h deste sábado, Vasco e Chapecoense também empataram em 1 a 1, em partida disputada em um São Januário sem público. Andrés Ríos abriu o placar para o time carioca, mas Reinaldo empatou para os catarinenses. O Vasco é 9º com 33 pontos, e a Chapecoense, 10º, com 32.

Santos ainda sonha

No jogo da noite, o Santos venceu o Palmeiras, no Allianz Parque, e chegou aos 47 pontos, na segunda posição, sete pontos atrás do líder Corinthians. Com o campo encharcado pela forte chuva que caiu sobre São Paulo e com mais polêmicas de arbitragem, o gol de Ricardo Oliveira, aos 30 minutos do segundo tempo, manteve o Peixe como principal ameaça ao título corintiano. Com a derrota, o Palmeiras permanece em quarto, com 43 pontos.