Coritiba arrecada mais de R$ 100 mil para sala sensorial para autistas

O Coritiba, em parceria com o Instituto ICO, arrecadou mais de R$ 100 mil em leilão realizado na noite da última terça-feira (03), em um restaurante de Curitiba

Redação - 04 de maio de 2022, 14:27

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba, em parceria com o Instituto ICO, arrecadou mais de R$ 100 mil em leilão realizado na noite da última terça-feira (03), em um restaurante de Curitiba. O montante de R$ 105.840,00 será utilizado para a construção de uma sala de acomodação sensorial para autistas dentro do estádio Couto Pereira.

A sala para atendimento especial para para pessoas diagnosticadas com o Transtorno do Espectro do Autista (TEA) ficará em um dos camarotes e terá ampla visão para o gramado. O Coxa pretende disponibilizar profissionais capacitados para todas as necessidades desde a compra do ingresso até o atendimento nas dependências do estádio.

Para o presidente Juarez Moraes e Silva, o espaço no Couto Pereira será uma referência nacional e destacou que "a gestão de um clube vai muito além do futebol, e essa obrigação social é algo que todo gestor deve trazer consigo", comentou.

Já a presidente do Instituto ICO, Elyse Matos, revelou que o excedente arrecadado será utilizado para a contrução de uma sala de estimulação sensorial no Ambulatório Encantar de Curitiba.

NEYMAR ELOGIA CORITIBA POR CRIAÇÃO DO ESPAÇO PARA AUTISTAS NO COUTO PEREIRA

Neymar, principal jogador brasileiro da atualidade, postou um vídeo elogiando o Coritiba, que vai passar a ter um espaço para que autistas acompanhem os jogos no estádio Couto Pereira. O trabalho é feito pelo clube em parceria com o Instituto ICO, associação sem fins lucrativos voltada para as pessoas com autismo.

"Parabéns ao Coritiba e ao ICO pela inovação e o cuidado com os autistas. O Couto Pereira terá o primeiro espaço dedicado para que os autistas assistam futebol nos estádios. Espero que isso sirva de exemplo para todos os clubes, e que mais autistas possam ser incluídos em eventos esportivos", disse Neymar.