No Couto, Coritiba perde para Atlético-GO e vê G4 ameaçado

O Coritiba perdeu para o Atlético-GO, por 2 a 1, no Estádio Couto Pereira, na manhã deste domingo (8), pela 21ª rodada d..

Francielly Azevedo - 08 de setembro de 2019, 13:04

Foto: Geraldo Bubniak - AGB
Foto: Geraldo Bubniak - AGB

O Coritiba perdeu para o Atlético-GO, por 2 a 1, no Estádio Couto Pereira, na manhã deste domingo (8), pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O cenário, com dia ensolarado e apoio de mais de 17 mil torcedores, era perfeito para o alviverde garantir os três pontos e se firmar no G4, mas o time não conseguiu fazer valer o fator casa.

Com o resultado, o Coxa permanece com 34 pontos, agora na quarta posição, apenas dois pontos a mais que o Operário, quinto colocado. Já o Atlético-GO subiu para vice-liderança, com 37 pontos. O líder da competição é o Bragantino, com 41 pontos.

Na próxima rodada, o Coritiba encara o Londrina, no sábado (14), às 11h (de Brasília), no Estádio do Café.

O JOGO

O Coritiba iniciou a partida tomando um susto logo de cara com gol do Atlético-GO, aos três minutos. Jorginho cruzou para Moacir, na entrada da área. O volante chutou, a bola desviou em Sabino e enganou Alex Muralha.

Depois disso, a partida seguiu no toma lá da cá. Pedro Raul arriscou pelo Dragão, enquanto Rodrigão tentava pelo Coxa.

Aos 15, o time visitante quase ampliou. Gilvan mandou uma bomba da linha da grande área e acertou o travessão de Muralha.

Pelo lado coxa-branca, Giovani e Thiago Lopes tentaram, mas sem sucesso. E, em uma das melhores chances do alviverde na primeira etapa, Rodrigão desperdiçou. O atacante, na cara do gol, chutou para defesa de Kozlinski. No rebote, o próprio Rodrigão mandou para fora.

Na volta do intervalo, o Coritiba retornou disposto a mudar o cenário, porém não deu muito certo.

Aos 28, o Dragão fez o segundo gol. Reginaldo cruzou, Alex Muralha defendeu, e Rodrigo Rodrigues, mandou para o fundo das redes no rebote.

Aos 35, o Coxa conseguiu diminuir com Rafinha. Rodrigão lançou para Nathan, que dividiu com o goleiro do Dragão. A bola sobrou para Rafinha, que mandou para fazer 2 a 1.

Depois do gol, o alviverde tentou uma pressão, só que não teve êxito.

Para finalizar a manhã ruim, aos 45, o Coxa ficou com um a menos, depois Matheus Sales foi expulso por falta em André Castro.