Coritiba bate Botafogo com gol de Igor Paixão e volta ao G6

No final do jogo, Alex Muralha foi ovacionado pela torcida por ter evitado o gol de empate da equipe carioca. Mais de 20 mil torcedores foram ao Couto Pereira.

Johan Gaissler - 29 de maio de 2022, 18:07

(Foto: Felipe Dalke/Coritiba)
(Foto: Felipe Dalke/Coritiba)

O Coritiba venceu o Botafogo por 1 a 0 neste domingo (29) e voltou ao grupo de classificação à Libertadores do ano que vem, o G6. O time segue com 100% de aproveitamento em casa no Brasileirão. A vitória foi diante de um público de mais de 20 mil torcedores no Estádio Couto Pereira.

O gol do jogo foi marcado por Igor Paixão, ainda no primeiro tempo. No final do jogo, o goleiro Alex Muralha foi ovacionado pela torcida por feito defesas que evitaram o empate da equipe carioca.

Até aqui, o Coxa venceu todos os jogos em casa no Campeonato Brasileiro deste ano: Goiás, Fluminense, América-MG e agora contra o Botafogo, em partida válida pela 8ª rodada.

Mesmo com desfalques, incluindo o técnico Gustavo Morínigo, o Coritiba conseguiu novos três pontos no campeonato. No momento, o clube está na 3ª colocação na tabela de classificação, com 13 pontos conquistados em quatro vitórias, um empate e três derrotas.

Já o Botafogo conheceu a segunda derrota na competição, apesar de ter pressionado o alviverde paranaense nos minutos finais do jogo. O alvinegro está na 6ª colocação com 12 pontos somados em três vitórias, três empates e duas derrotas e, portanto, foi ultrapassado pelo Coxa.

PRÓXIMOS JOGOS NO BRASILEIRÃO

Coritiba e Botafogo voltam a campo no próximo final de semana, também pelo Campeonato Brasileiro, na 9ª rodada. 

A equipe paranaense irá até o Nordeste brasileiro para enfrentar o Ceará. O jogo acontece às 19 horas de sábado, dia 4 de junho, no Castelão, em Fortaleza.

Já o alvinegro carioca recebe em casa o time do Goiás. O jogo será às 20 horas de segunda-feira, dia 6 de junho, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

CORITIBA PRESSIONOU E FEZ O GOL NO PRIMEIRO TEMPO

O Coritiba se impôs durante a primeira etapa do jogo. Criou mais e chegou com mais perigo ao gol do goleiro botafoguense Gatito Fernández

Mesmo demonstrando superioridade, o Coxa também abriu o contra-ataque para o adversário, que explorou muitas vezes o lado esquerdo alviverde

Aos 19 minutos, após saída errada de Val, Victor Sá entrou na área e tocou por baixo para Erison. Quando foi finalizar, foi travado por Matheus Alexandre, que evitou o que seria o primeiro gol da equipe carioca.

Minutos depois, Val deu assistência para Igor Paixão. O atacante coxa-branca recebeu dentro da área, driblou o goleiro e empurrou para as redes, abrindo o placar no Couto Pereira.

Ainda no primeiro tempo, aos 39, Thonny Anderson em jogada individual foi derrubado dentro da área. A torcida e os atletas do Coritiba pediram pênalti, porém, o árbitro Bráulio da Silva Machado mandou o jogo seguir.

SEGUNDA ETAPA TEVE PRESSÃO BOTAFOGUENSE E TORCIDA COXA-BRANCA OVACIONOU ALEX MURALHA

No início do segundo tempo, Léo Gamalho recebeu na entrada da área. Quando foi finalizar, bateu mascado e impediu o segundo gol coxa-branca.

Aos 17, de novo com Léo Gamalho, surgiu uma outra oportunidade de ampliar o marcador. Após cobrança de falta num levantamento para a área, o centroavante acertou o travessão.

Na reta final do jogo, o Botafogo tentou chegar após alterações feitas pelo treinador português Luís Castro, com o objetivo de buscar pelo menos um empate. Porém o time foi parado na defesa do Coritiba e na ineficiência ofensiva.

Aos 41 minutos, Erison entrou na defesa do clube paranaense e foi cruzar por baixo. O zagueiro Márcio Silva conseguiu se antecipar e colocar a bola para escanteio. Três minutos depois, novamente com Erison, uma finalização levou muito perigo ao gol de Alex Muralha, que fez firme defesa.

Os sete minutos de acréscimos dados pelo árbitro do jogo foram de pressão do Botafogo, que de novo abriu possibilidade de contra-ataque ao Coxa. No entanto, o placar não foi alterado na etapa final: Coritiba 1x0 Botafogo.

Ao final da partida, a torcida coxa-branca gritou muito o nome do goleiro Alex Muralha, por ter feito defesas que garantiram a vitória alviverde.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA x BOTAFOGO

Data, horário e local: domingo, 29 de maio de 2022, às 16 horas, no Estádio Couto Pereira. 

Gol: Igor Paixão (CFC), aos 28 minutos do primeiro tempo

Coritiba: Alex Muralha; Matheus Alexandre; Guillermo, Márcio Silva e Guilherme Biro (Diego Porfírio); Willian Farias, Val (Bernardo) e Thonny Anderson (Régis); Igor Paixão, Léo Gamalho (Clayton) e Fabrício Daniel (Pablo Garcia). Técnico: Roberto Acuña.

Botafogo: Gatito Fernández; Saravia (Hugo), Víctor Cuesta, Kanu e Daniel Borges (Rikelmi); Luís Oyama, Del Piage (Lucas Fernandes) e Chay (Matheus Nascimento); Victor Sá, Erison e Diego Gonçalves (Lucas Piazon). Técnico: Luís Castro.

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (SC); ele foi auxiliado por Kléber Lúcio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC). O assistente de vídeo (VAR) foi comandado por Emerson de Almeida Ferreira (MG).