Coritiba x Cianorte pelo Paranaense; escalações e onde assistir

Coritiba e Cianorte decidem neste sábado (19) o primeiro classificado para as quartas de final do Campeonato Paranaense.

Jorge de Sousa - 19 de março de 2022, 12:37

Guilherme Griebeler/Coritiba
Guilherme Griebeler/Coritiba

Coritiba e Cianorte decidem neste sábado (19) o primeiro classificado para as quartas de final do Campeonato Paranaense.

Como venceu o jogo de ida por 1 a 0, o Coritiba tem a vantagem do empate para levar a vaga.

Já o Cianorte precisa vencer por dois gols de diferença para conseguir a classificação no tempo normal, enquanto uma vitória simples do Leão leva a decisão para as penalidades.

Confira as últimas notícias, o horário, as prováveis escalações e onde assistir o duelo pelas quartas de final do Campeonato Paranaense.

CORITIBA X CIANORTE - 16H

Coritiba e Cianorte abrem os duelos de volta das quartas de final do Campeonato Paranaense neste sábado.

Para o duelo, Gustavo Morínigo tem os desfalques dos suspensos Val e Guilherme Biro.

O treinador ainda tem três duelos para decidir na equipe: Warley ou Matheus Alexandre na lateral direita, Régis ou Thonny Anderson no meio campo e Alef Manga ou Warley como parceiro de Léo Gamalho no ataque.

Já João Burse segue sem contar com Vitor Salvador e Morelli e tem a dúvida de uma formação mais defensiva ou com dois atacantes para o confronto.

Se decidir pelo esquema mais conservador, Igor fecha uma trinca de volantes com Ralf e Zé Vitor.

Mas se Burse decidir pelo esquema com dois atacantes a dupla de ataque será formada por Luiz Fernando e Coutinho.

Onde assistir: NS Sports e TV Coxa

Coritiba: Alex Muralha; Warley, Henrique, Luciano Castán e Egídio; Andrey, Gustavo Bochecha e Thonny Anderson (Régis); Igor Paixão, Alef Manga (Matheus Alexandre) e Léo Gamalho - Técnico: Gustavo Morínigo

Cianorte: Gleibson; Bruno Leite, Eduardo Doma, Helder e Patric; Ralf, Zé Vitor, Matheus Farinha; Rodrigo Alves, Luiz Fernando e Coutinho (Igor) - Técnico: João Burse

Trio de arbitragem: Robson Babinski (CBF-PR), auxiliado por Rafael Trombeta (CBF-PR) e Bruno Fernando Aparecido Rohling (CBF-PR)

LEIA TAMBÉM: Valeskinha vai jogar mais uma temporada, mas não descarta ser técnica do Curitiba Vôlei