Coritiba demite Jorginho e vai para quarto técnico no Brasileiro

Jorge de Sousa

Coritiba demite Jorginho e vai para quarto técnico no Brasileiro

O Coritiba anunciou na noite deste domingo (25), a demissão de Jorginho do cargo de técnico da equipe. A decisão veio após uma reunião de quase seis horas da diretoria alviverde.

Junto de Jorginho também foram demitidos o auxiliar-técnico Luiz Iubel e o preparador físico Joelton Urtiga.

Essa foi a segunda passagem de Jorginho pelo Coritiba. Em 2019, o técnico comandou o retorno da equipe à Série A com um aproveitamento de 71,1% em 15 partidas – nove vitórias, cinco empates e uma derrota.

Mas neste ano, Jorginho comandou o Coritiba em 13 partidas e conseguiu apenas 33% de aproveitamento – três vitórias, quatro empates e seis derrotas.

A últimas dessas derrotas foi neste sábado (24), quando o Coritiba foi derrotado pelo Ceará de virada por 2 a 1.

O resultado deixou o Coritiba na 19ª colocação, com apenas 16 pontos ganhos. A equipe alviverde também foi a primeira no Campeonato Brasileiro a registrar dez derrotas.

Com a demissão de Jorginho, o Coritiba vai chegar a marca de quatro técnicos na temporada.

Eduardo Barroca assumiu antes do Campeonato Paranaense e foi demitido após a derrota contra o Corinthians na quarta rodada do Brasileiro.

Mozart assumiu a equipe interinamente para o duelo contra o Red Bull Bragantino, quando o Coritiba venceu por 2 a 1 e conquistou na época a primeira vitória na competição.

Agora o auxiliar técnico Welerson assume a equipe de forma interina e pode ser o técnico contra o Atlético Goianiense, no próximo sábado (31).

Ainda não há definição por um novo nome no comando técnico do Coritiba, mas a tendência é que o substituto de Jorginho seja anunciado ainda nesta semana.

LEIA MAIS: Hamilton vence GP de Portugal e quebra recorde de vitórias na F-1

Previous ArticleNext Article