Artilheiro da Série B, Rodrigão marca um gol a cada dois chutes no alvo

Vinicius Cordeiro

Rodrigão Coritiba

Rodrigão, atacante do Coritiba, é o artilheiro da Série B, mas nem assim consegue deixar a equipe na briga pelas primeiras posições da tabela. Depois de sete rodadas disputadas, o Coxa é o 11.° colocado com nove pontos e tem o centroavante de 25 anos, emprestado pelo Santos, como a arma mais perigosa da equipe.

O camisa 9 é responsável por sete dos oito gols marcados pelo Alviverde na Segundona. Apenas o meia Juan Alano também balançou as redes – na derrota por 3 a 2 para o Paraná deste sábado (2).

Maior finalizador do torneio com 26 chutes, Rodrigão acertou mais da metade – 14 – na direção do gol. Ou seja, se considerarmos apenas os chutes certos, o atacante marca um gol a cada duas tentativas. Com 630 minutos jogados, ele arrisca um chute a cada 24 minutos.

Apenas Guilherme, do Sport, com 25 arremates, aproxima-se do centroavante coxa-branca. O atacante do Leão, entretanto, perde a disputa pela pontaria inferior: são 10 chutes às metas adversárias – 40% de acerto contra 53,9% de Rodrigão.


Os números da “Rodrigão dependência” são do Footstats.

A missão de Umberto Louzer é criar mais repertório ofensivo, sem menosprezar a eficiência da ótima fase do seu melhor atacante.

O Coxa se prepara para enfrentar o Guarani na última rodada antes da parada para a Copa América. O duelo, válido pela oitava rodada, está marcado para essa terça-feira (11), às 21h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Siga o Paraná Portal no Instagram:

Post anteriorPróximo post