Coritiba derrota o União de virada e volta a vencer no Campeonato Paranaense

O Coritiba saiu atrás, mas venceu o lanterna União por 2 a 1 e subiu para a terceira colocação do Campeonato Paranaense

Pedro Melo - 30 de janeiro de 2022, 21:53

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba não teve uma grande atuação, mas derrotou o lanterna União de virada por 2 a 1 e voltou a vencer no Campeonato Paranaense. Sato abriu o placar para o time de Francisco Beltrão, mas Igor Paixão e Alef Manga garantiram a vitória coxa-branca.

A vitória levou o Coxa para os seis pontos, agora na terceira colocação, somente atrás do Londrina, líder isolado com nove, e do FC Cascavel, com sete. Já o União é o único time que ainda não pontuou no estadual.

Na próxima rodada, o Coritiba joga contra o Rio Branco, que vem de vitória sobre o Operário. O jogo acontece na quarta-feira (02), às 19h30, no estádio Couto Pereira. E o União recebe o Cianorte, na quinta, às 19h.

CORITIBA NÃO JOGA BEM, MAS VENCE O UNIÃO DE VIRADA

Com o apoio da torcida, o União começou melhor a partida e quase abriu o placar aos quatro minutos. Angelo falhou, Sato ficou na cara do gol, mas Alex Muralha fechou bem a meta para salvar pela primeira vez.

No minuto seguinte, Angelo errou novamente, Patrick cruzou a bola na área, Sato apareceu livre de marcação e chutou rasteiro no canto direito. O goleiro Alex Muralha desta vez nada pôde fazer para evitar o gol do time da casa.

O Coritiba acordou após sofrer o gol e empatou a partida aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio, a zaga do União afastou e Matheus Sales devolveu a bola para a área. Igor Paixão apareceu livre de marcação e deu um toque por debaixo das pernas de Fernando Nunes para deixar tudo igual.

A partida ficou equilibrada após o gol de empate coxa-branca, mas o União foi quem criou as melhores chances para marcar o segundo ainda no primeiro tempo. Aos 17, Flávio cabeceou a bola e Alex Muralha fez grande defesa. E aos 42, Wellisson arriscou chute de longe e o goleiro alviverde salvou novamente.

No segundo tempo, o União quase marcou aos seis minutos. Wellisson cobrou falta com força e a bola explodiu no travessão. No minuto seguinte, o Coritiba armou um rápido contra-ataque e virou a partida. Alef Manga recebeu passe de Igor Paixão, cortou o zagueiro e chutou rasteiro no canto esquerdo para fazer o segundo.

O gol deu moral para o Coxa, que quase ampliou a vantagem pouco tempo depois. Além disso, o técnico Gustavo Morínigo abriu mão do esquema com três volantes e colocou o centroavante Luizão no lugar de Gustavo Bochecha.

O União pressionou logo depois de sofrer o segundo gol, mas Wellisson mandou na rede pelo lado de fora. Ao longo da etapa final, o Coritiba passou a administrar a vantagem e jogou mais no campo defensivo. Na reta final, o lateral Matheus Alexandre foi expulso e o Coxa ficou com um jogador a menos.

Em vantagem dentro de campo, o União foi para o ataque até o final e quase empatou no último lance. Albino chutou e a bola bateu no travessão.

FICHA TÉCNICA - 3ª RODADA DO CAMPEONATO PARANAENSE

Data, horário e local: domingo (30), às 20h, no estádio Anilado, em Francisco Beltrão (PR).

União: Fernando Nunes; Gabriel Fonseca, Márcio Júnior, Vitor Dadalt e Wender (Marcos Paraná); Giba (Felipe Guzman), Nelsinho (Tibagi), Sato (Lucas Albino) e Patrick Data (Diego Paulista); Flávio e Wellisson. Técnico: Rafael Andrade.

Coritiba: Alex Muralha; Natanael (Matheus Alexandre), Guillermo de los Santos, Márcio Silva e Angelo; Matheus Sales, Gustavo Bochecha (Luizão), Val (Bernardo) e Régis (Vinícius); Alef Manga (Biel) e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

Gols: Sato (CEU), aos 5’ do primeiro tempo, e Igor Paixão (CFC), aos 15’ do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Marcos Paraná (CFC); Márcio Silva e Biel (CFC).

Cartão vermelho: Matheus Alexandre (CFC).

Público e renda: 1.391 pagantes/1.466 presentes/R$ 49.755,00.

Arbitragem: Elvio Kertelt Legnani, auxiliado por João Fábio Machado Brischiliari e Ronald Germano Welter.