Coritiba e Waguininho não entram em acordo para renovação de contrato

O atacante Waguininho não vai continuar no Coritiba na temporada de 2022. As duas partes negociavam desde o acesso do Co..

Pedro Melo - 03 de dezembro de 2021, 15:42

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O atacante Waguininho não vai continuar no Coritiba na temporada de 2022. As duas partes negociavam desde o acesso do Coxa para a primeira divisão, mas não houve acordo para a renovação de contrato. Com isso, o jogador deixa o clube oficialmente no final do mês.

Segundo o Ge.Globo, a diretoria coxa-branca confirmou que não chegou ao valor desejado por Waguininho. Porém, o empresário do atacante, Miguel Calluf, disse que a opção foi do clube em não renovar o contrato. "Infelizmente até agora não houve acerto financeiro e foi uma opção do clube", falou.

Calluf, entretanto, não descartou uma reviravolta no assunto. "Futebol nunca diga não", afirmou, em conversa com a reportagem do Paraná Portal.

Waguininho chegou ao Coritiba em fevereiro de 2020 e foi um dos principais nomes da campanha do vice-campeonato da Série B. Durante toda a temporada, o atacante marcou 11 gols em 48 partidas e foi o segundo maior artilheiro do Coxa, atrás somente de Léo Gamalho.

CORITIBA SEGUE O PLANEJAMENTO PARA A PRÓXIMA TEMPORADA

A diretoria do Coritiba continua trabalhando nos bastidores para montar o elenco da próxima temporada. A expectativa é que pelo menos dez jogadores desembarquem no Alto da Glória. Além dos reforços, o Coxa pretende renovar o contrato do zagueiro Luciano Castán.

Já o técnico Gustavo Morínigo continua no Coxa para 2022. O anúncio oficial aconteceu na última terça-feira (30). Junto com o treinador, os auxiliares Roberto ‘El Toro’ Acuña, Martin Paolorosso e Gonzalo Llano também permanecem em Curitiba.

Em contrapartida, o volante Jhony Douglas, fora dos planos do Coritiba, foi emprestado para a Inter de Limeira durante o Campeonato Paulista.

A estreia do Coritiba na próxima temporada acontece em 22 de janeiro contra o Cianorte, na abertura do Campeonato Paranaense. A tendência é que jogadores formados nas categorias de base disputem as primeiras partidas do estadual.