Coritiba: Egídio quer vitória convincente em confronto direto com o Cuiabá

O lateral-esquerdo Egídio conta com o apoio da torcida coxa-branca e deseja uma vitória convincente na partida de segunda-feira contra o Cuiabá

Pedro Melo - 22 de julho de 2022, 15:28

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

O Coritiba se prepara para o confronto direto com o Cuiabá, na segunda-feira (25), às 20h, no Couto Pereira, e precisa dos três pontos para terminar o primeiro turno longe da zona de rebaixamento. O lateral-esquerdo Egídio conta com o apoio da torcida coxa-branca e deseja uma vitória convincente.

"O campeonato é de nível altíssimo, a nossa responsabilidade dentro de casa é muito grande. Agora temos o jogo contra o Cuiabá, último jogo do turno, e vamos encarar como uma final, pensando apenas em vencer porque sabemos que terminaremos o primeiro turno dando uma respirada. O torcedor está fazendo a parte dele, comparecendo ao estádio e nós temos que dar a resposta para eles, vencendo o jogo, sendo convincente, que é o que estamos precisando", disse o lateral-esquerdo.

Nas últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro, o Coxa ganhou apenas uma partida e vem de duas derrotas seguidas fora de casa para Flamengo e Corinthians. Apesar dos resultados negativos, Egídio vê evolução na equipe, mas acredita que o desempenho pode ser ainda melhor.

"Foram jogos muito difíceis, encaramos duas grandes equipes do Brasil, mas isso nos inspira ainda mais. Fico triste pelos dois resultados que não foram positivos, mas teve uma melhora de atuação dentro de campo, e a minha avaliação é saber que podemos mais", disse o camisa 6.

Na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro, o Coritiba soma 19 pontos e tem apenas um a mais que o América-MG, primeiro time na zona de rebaixamento. Já o Cuiabá tem 20 pontos e está em 15º lugar.

AGENDA DO CORITIBA

  • Cuiabá - segunda-feira (25/07), às 20h, no Couto Pereira
  • Goiás - sábado (30/07), às 16h30, na Serrinha
  • Santos - segunda-feira (08/08), às 20h, no Couto Pereira
  • Atlético-MG - domingo (14/08), às 11h, no Couto Pereira