Coritiba cai na primeira fase do Estadual após 33 anos e vê pressão aumentar

Vinicius Cordeiro

coritiba eliminação paranaense

A eliminação precoce do Coritiba do Campeonato Paranaense 2021 é histórica. A última vez que o Coritiba ficou de fora da fase final do Estadual foi em 1988, ou seja, há 33 anos.

Em um campeonato com 12 clubes, Coxa ficou em 11° lugar, a frente apenas do extinto Matsbuara. Naquela ocasião, Athletico, Pinheiros, Cascavel EC e Colorado avançaram para a semifinal. O Athletico foi campeão.

Com isso, aumenta a pressão sobre a diretoria, chefiada pelo presidente Renato Follador, e também no treinador paraguaio Gustavo Morínigo. Foram 16 reforços para a temporada, com nomes conhecidos da torcida como o volante Willian Farias e o meia Robinho.

Nas redes sociais, torcedores já querem explicações dos dirigentes, que ainda não se pronunciaram.

A derrota para o Rio Branco é uma espécie de estopim para a torcida, já que a equipe precisava de um simples empate para avançar de fase. Contudo, o time teve o volante Val expulso no primeiro tempo e não conseguiu segurar a igualdade no marcador. Com a derrota, o time caiu da sexta para a nona colocação. Com 14 pontos e o empate do Azuriz com o Cianorte, o Coxa fica de fora das quartas de final do Campeonato Paranaense 2021.

CORITIBA RESTA SÉRIE B E COPA DO BRASIL

Nas últimas seis rodadas da primeira fase, o Coritiba venceu uma, empatou outra e perdeu quatro. O time que chegou a liderar o Estadual acabou ficando de fora do grupo dos oito classificados com apenas 12 clubes em disputa.

A goleada por 5 a 0 sobre o Paraná Clube, pela sexta rodada, sinalizava que não existiria qualquer problema para o clube nesse primeiro semestre. No entanto, a sequência de derrotas e a queda do desempenho diante FC Cascavel, Athletico e Londrina deram um baque.

Agora o time tenta recuperar a confiança em pouco menos de duas semanas para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. O Coxa recebe o Avaí no próximo dia 28 (sexta-feira), às 21h30, no Couto Pereira.

Além disso, o clube espera uma definição da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre o confronto contra o Flamengo na Copa do Brasil. Os cariocas querem o adiamento dos duelos porque tiveram quatro jogadores convocados para a seleção principal e olímpica.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="764261" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]