Coritiba empata com o Botafogo e decide fora de casa o título da Copa do Brasil sub-20

Redação

Coritiba Botafogo final Copa do Brasil sub-20

O Coritiba empatou com o Botafogo em 1 a 1, na tarde deste domingo (13), no Couto Pereira, pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil sub-20. O Coxa saiu na frente ainda no primeiro tempo com Marcio Silva, mas levou o empate na etapa final com Wendel.

A decisão do campeão agora fica para o jogo da volta no Rio de Janeiro, no próximo domingo (20), em horário ainda a ser definido. O vencedor fica o título inédito e um novo empate, independente do placar, leva a decisão para os pênaltis.

CORITIBA SAI NA FRENTE, MAS LEVA O EMPATE DO BOTAFOGO NA FINAL DA COPA DO BRASIL SUB-20

O Botafogo começou a partida arriscando chutes de fora da área para surpreender o Coritiba. Nas duas chances que o time carioca teve, o goleiro Rafael Martins estava atento e defendeu sem muitas dificuldades.

No decorrer da primeira etapa, o Coxa cresceu na partida e usou da força da bola parada para marcar o primeiro gol. Aos 22 minutos, Angelo cobrou escanteio na pequena área, Márcio Silva subiu mais que a defesa e cabeceou para o fundo das redes.

Após o intervalo, o Botafogo mudou duas vezes e também teve uma postura mais ofensiva para buscar o empate. E teve sucesso aos dez minutos. Ênio faz boa jogada individual pela esquerda, invade a área e toca para Wendel chutar colocado para dentro do gol.

As duas equipes buscaram a vitória na reta final de partida, mas encontraram poucos espaços para finalizar no gol. Os goleiros Rafael William e Igo quase não foram exigidos até o apito final.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 1X1 BOTAFOGO

Final da Copa do Brasil sub-20 – jogo de ida

Data, hora e local: domingo (13/06), às 14h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Coritiba: Rafael William; Natanael, Thalisson Gabriel, Marcio Silva e Angelo; Maicky, Ruan Assis (Geovane Meurer), Bernardo (Jean Gabriel) e Biel (Pedro Arthur); Kaio César (Lucas Ronier) e Luizão. Técnico: José Leão.

Botafogo: Igo; Vitor Marinho, Henrique, Reydson e Hugo; Ewerton, Kauê (Raí) e Wendel (Paulo); Ênio, Juninho (Vitinho) e Matheus Nascimento (Gabriel Henrique). Técnico: Ricardo Resende.

Gols: Marcio Silva (CFC), aos 22′ do primeiro tempo, e Wendel (BOT), aos 10′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Biel e Lucas Ronier (CFC).

Arbitragem: Luiz Alexandre Fernandes (PR), auxiliado por Jefferson Cleiton Piva da Silva (PR) e Andrey Luiz de Freitas (PR).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="769855" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]