Coritiba x Fortaleza: Jogo começa após 45 minutos de atraso

O duelo válido pela 15ª rodada do Brasileirão começou com atraso após falta de energia em um dos iluminadores.

Redação - 03 de julho de 2022, 19:04

(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)
(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

O jogo entre Coritiba e Fortaleza começou após 45 minutos de atraso por causa de falta de energia no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

De acordo com o protocolo da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), a arbitragem deve esperar para reestabelecer a iluminação - como foi feito.

Conforme a assessoria da FPF (Federação Paranaense de Futebol), um curto circuito na parte externa do Couto Pereira foi identificado como a causa do problema. 

O jogo ainda contou com uma homenagem ao presidente Renato Follador Jr, que morreu por covid-19 há exatamente um ano. Desde então, Juarez Silva assumiu a presidência do Alviverde.

DUELO VALE MUITO

Os dois clubes precisam muito da vitória. 

O Coritiba não vence no Brasileirão há seis jogos e despencou na classificação após figurar a briga pelo G4. Com 15 pontos, a equipe corre risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Já o Fortaleza vive uma situação delicada no Brasileirão, soma apenas dez pontos, mas joga em Curitiba em meio a decisão pelas oitavas de final da Libertadores. O Leão do Pici empatou em casa o jogo de ida com o Estudiantes em 1 a 1 e busca a vaga inédita nas quartas na próxima quinta. 

FICHA TÉCNICA - CORITIBA X FORTALEZA

Onde assistir Coritiba x Fortaleza no Brasileirão: Premiere.

Data, horário e local: domingo (03), às 18h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Coritiba: Rafael William; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castan e Diego Porfírio; Willian Farias e Val; Fabrício Daniel, Warley, Alef Manga e Léo Gamalho. Técnico: Gustavo Morínigo.

Fortaleza: Marcelo Boeck; Habraão, Marcelo Benevenuto e Tite; Ronald, Zé Welison, Matheus Vargas, Vitor Ricardo e Juninho Capixaba; Romarinho e Moisés. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.  

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima (MG) é auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Celso Luiz da Silva (MG). O responsável pelo VAR é Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa-SP).