Coritiba enfrenta o Goiás esperando "longevidade na Série A"; onde assistir e horário

Empolgado pelo título do Campeonato Paranaense, o Coritiba estreia no Brasileirão contra o Goiás - veja as prováveis escalações, onde assistir e horário

Pedro Melo - 09 de abril de 2022, 18:00

(Divulgação/Coritiba)
(Divulgação/Coritiba)

Empolgado pelo título do Campeonato Paranaense, o Coritiba entra no Brasileirão com o objetivo de acabar com a gangorra dos últimos anos quando caiu para a Série B logo após o acesso para a primeira divisão. O desafio inicial é contra o Goiás, neste domingo (10), às 11h, no Couto Pereira.

O head esportivo René Simões afirmou que o primeiro objetivo alviverde é justamente a "longevidade na Série A" e pede paciência para atingir as metas. "A gente sempre espera o melhor. E o que é o melhor para o Coritiba? É que a gente tenha longevidade na Série A. Esse é o primeiro objetivo que temos em mente. Vamos chegar até onde? Não sabemos, mas o céu é o limite sempre. O que peço é paciência. Nunca vi ninguém resolver nada com impaciência", declarou.

ONDE ASSISTIR CORITIBA X GOIÁS E A PROVÁVEL ESCALAÇÃO

A partida tem transmissão exclusiva do Premiere, no pay-per-view, e do Premiere Play, no streaming.

O Coritiba reforçou o elenco para a disputa do Brasileirão com as chegadas do lateral-esquerdo Diego Porfírio, do meia Matías Galarza e do atacante Fabrício Daniel. Do trio, o lateral ainda não foi relacionado, enquanto os outros dois devem começar no banco de reservas.

A tendência é que o técnico Gustavo Morínigo repita a escalação que venceu o Maringá por 4 a 2 e conquistou o Campeonato Paranaense. A provável escalação do Coritiba tem Alex Muralha; Warley, Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey e Thonny Anderson; Alef Manga, Léo Gamalho e Igor Paixão.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA X GOIÁS

Onde assistir Coritiba x Goiás: Premiere e Premiere Play.

Data, horário e local: domingo (10), às 11h, no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Coritiba: Alex Muralha; Warley, Henrique, Luciano Castán e Egídio; Willian Farias, Andrey e Thonny Anderson; Alef Manga, Léo Gamalho e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Morínigo.

Goiás: Tadeu; Maguinho, Yan Souto, Reynaldo e Danilo Barcelos; Auremir, Felipe Bastos; Apodi, Elvis e Diego; Reginaldo. Técnico: Glauber Ramos.

Arbitragem: Raphael Claus (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Neuza Inês Back (SP). O VAR é Wagner Reway (PB), com assistência de Antônio Adriano de Oliveira (MA).