Coritiba: Igor Paixão é chamado de "joia do futebol brasileiro" fora do país

Igor Paixão é o grande nome do Coritiba até o momento na temporada e virou destaque no principal jornal esportivo da Argentina

Pedro Melo - 25 de abril de 2022, 17:34

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

Igor Paixão é o grande nome do Coritiba até o momento na temporada. Destaque na campanha do acesso, o jogador já participou de 16 gols em 2022, sendo oito bolas na rede e oito assistências para os companheiros. Os números renderam destaques dentro e fora do Brasil.

Depois do empate com o Atlético-MG em 2 a 2, quando marcou um gol e deu a assistência para Adrían Martínez, Igor Paixão foi destaque de uma matéria do jornal Olé, da Argentina. Na publicação, o atacante coxa-branca foi chamado de "a nova joia do futebol brasileiro".

"O Coritiba identificou nele o que qualquer um pode decifrar com um simples olhar: trata-se de um jogador diferente dos demais e preparado para ter sucesso se mantiver esse nível", destacou a publicação argentina.

Com boas atuações desde a Série B do ano passado, Igor Paixão já começa a despertar interesses de outros clubes. Porém, não vai ser fácil tirar o atacante do Coritiba. A multa para jogar em outra equipe do futebol brasileiro é de R$ 100 milhões, enquanto para uma transferência internacional é de 50 milhões de euros (cerca de R$ 250 milhões).

"Tenho que agradecer o elenco, que nos ajudou bastante, e ao profê [Gustavo Morínigo, técnico]. Os companheiros confiaram em mim e nas minhas jogadas. Eu trabalho muito esse um contra um para chegar na área e concluir ou dar assistências para meus companheiros", afirmou o atacante, logo após o empate do Coritiba contra o Atlético-MG, em entrevista ao sportv.

CARREIRA DE IGOR PAIXÃO NO CORITIBA

Igor Paixão é mais um 'piá do Couto' e vem sendo o principal deles nos últimos anos. O atacante, nascido em Macapá, capital do Amapá, veio para Curitiba aos 14 anos para participar de uma peneira no Coxa e foi o único aprovado na ocasião.

A estreia do atacante no time principal do Coritiba aconteceu em 2019, no empate em 0 a 0 com o Toledo, pelo Campeonato Paranaense. Foram poucas oportunidades naquele ano até o empréstimo em 2020 para o Londrina. No interior, ele disputou 31 partidas e marcou quatro gols.

No retorno ao Alto da Glória, no começo de 2021, Igor Paixão ganhou uma sequência de jogos já sob o comando do técnico Gustavo Morínigo. Desde então, o atacante se tornou um dos principais nomes do Coritiba e já tem 18 gols com a camisa alviverde.