Coritiba leva 3 do São Paulo na semifinal do Brasileiro de Aspirantes

Roger Pereira


O Coritiba não resistiu ao volume de jogo do São Paulo e, mesmo jogando em casa, acabou derrotado por 3 a 0 pelo Tricolor Paulista na primeira partida da semifinal do Campeonato Brasileiro de Aspirantes (sub23) disputada nesta segunda-feira, no Estádio Janguito Malucelli, em Curitiba. Agora, o Coxa precisa reverter o elástico placar na partida de volta, na próxima segunda-feira, em São Paulo, para chegar à decisão.

Um gol logo aos 7 minutos de jogo foi decisivo para o triunfo paulista, Na primeira chegada ao ataque dos visitantes, Geovane recebeu lançamento na risca da grande área, dominou no peito, girou e bateu sem chances para o goleiro, abrindo o marcador. O restante do primeiro tempo foi morno, sem muita criatividade, com o São Paulo controlando bem o placar.

O Coxa voltou com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo, mas esbarrou na boa marcação do São Paulo, além de abrir espaço para os contra-ataques. Numa dessas escapadas o ataque paulista só foi parado com pênalti cometido pelo goleiro Arthur. Pedro Bortoluzo cobrou, aos 22 minutos, para ampliar a vantagem tricolor. Nos minutos finais do confronto, Gabiga fez boa jogada pela esquerda para fazer o terceiro do São Paulo e dar números finais à partida.

Internacional x Vitória

Na outra semifinal, no Estádio Morada dos Quero-Queros, em Alvorada (RS), Inter e Vitória fizeram um primeiro tempo bastante equilibrado e movimentado, com chances para os dois lados. O grande lance de perigo do time visitante aconteceu logo nos minutos iniciais da partida. Após bola alçada na área, Alex cabeceou e Keiller apareceu para salvar o Colorado. Já o Internacional foi mais efetivo. Na marca dos 22 minutos, Sarrafiore aproveitou uma sobra dentro da área e chegou batendo direto para o fundo da rede: 1 a 0. Na volta do intervalo, o Rubro-Negro deixou tudo igual aos cinco minutos. Cedric fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Nickson empatar o jogo. A virada dos visitantes veio aos 33 minutos. Ruan foi derrubado dentro da área, o árbitro marcou pênalti e, na cobrança, Eron marcou para o Vitória: 2 a 1.

Os times voltam a se encontrar no dia 8 de novembro, em Salvador (BA). Com o triunfo, o Vitória conquistou a vantagem do empate para o segundo jogo. Já o Colorado precisa vencer por dois gols de diferença para avançar à final no tempo normal. Uma vitória do Inter por apenas um gol de saldo leva decisão da vaga para as penalidades.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="566951" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]