Morínigo explica Rafinha e Léo Gamalho na reserva do Coritiba: “Estratégia de jogo”

Pedro Melo

Coritiba Morínigo Rafinha Léo Gamalho escalação

O técnico Gustavo Morínigo explicou o motivo das ausências dos atacantes Rafinha e Léo Gamalho do time titular do Coritiba na derrota por 2 a 0 para o Flamengo, pela terceira fase da Copa do Brasil. Os dois jogadores começaram no banco de reservas e entraram no intervalo.

De acordo com Morínigo, a decisão por deixar os dois na reserva foi estratégia de jogo para ter velocidade com Waguininho e Igor Paixão nos lados do campo. “Somente estratégia de jogo, de ter um pouco mais de velocidade. Se lembrar do primeiro jogo, nós forçamos bastante com velocidade e impulso no segundo tempo. Desta vez, não foi assim”, falou.

“Guardarmos também Rafa e Léo, que são importantes, para tentar um resultado a nosso favor no segundo tempo, mas lastimosamente tomamos um gol no primeiro tempo. A partir daí foi um pouco difícil. Reconhecemos que enfrentamos uma equipe com altíssima qualidade”, acrescentou o treinador, em entrevista coletiva.

Antes do jogo com o Flamengo, Rafinha ficou na reserva em apenas uma oportunidade na atual temporada – na goleada por 5 a 1 sobre o Toledo, no dia 18 de abril, pelo Campeonato Paranaense. Na ocasião, o atacante voltava de uma lesão no tornozelo, que o tirou dos jogos anteriores.

Já Léo Gamalho ficou de fora dos titulares pela primeira vez nos jogos em que foi relacionado por Gustavo Morínigo. O experiente jogador de 35 anos é o artilheiro coxa-branca na temporada. Em 15 partidas, o centroavante oito gols, sendo quatro no Campeonato Paranaense, três na Copa do Brasil e um na Série B.

TRABALHO COM A DIRETORIA DO CORITIBA

Nos últimos 10 jogos, contando Copa do Brasil, Série B e Paranaense, o Coritiba venceu apenas a estreia na segunda divisão contra o Avaí. A queda de desempenho e os resultados negativos já geraram cobranças da torcida coxa-branca sobre o trabalho de Gustavo Morínigo e também no elenco.

O treinador reforçou que segue trabalhando em conjunto com a diretoria para ter o melhor elenco possível. “Estamos trabalhando para armar o melhor. Não tivemos o final que queríamos neste torneio, sabíamos que íamos enfrentar uma das melhores equipes do Brasil. Estamos conectados com a diretoria, sempre trabalhando junto para seguir crescendo e melhorando. Temos dificuldades, mas trabalhamos duro para ter o melhor elenco”, disse.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="770495" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]