Coritiba perde do Cruzeiro e encerra série invicta na Série B

Jorge de Sousa

Coritiba perde do Cruzeiro e encerra série invicta na Série B

O Coritiba foi derrotado pelo Cruzeiro por 3 a 0 na noite desta sexta-feira (8) e encerrou uma série de sete jogos invicto no Campeonato Brasileiro da Série B.

Giovanni, Adriano e Eduardo Brock marcaram os gols da vitória do Cruzeiro no Couto Pereira, em Curitiba.

Mesmo com a derrota o Coritiba irá terminar mais uma rodada na liderança da Série B. A equipe do Alto da Glória fica estacionada com 54 pontos, três acima do vice-líder Botafogo.

Já o Cruzeiro venceu a segunda partida seguida e manteve vivo o sonho de retorno para a elite do futebol brasileiro, embora esteja a dez pontos de entrar no G-4 – quarto colocado Goiás tem 48 pontos.

As duas equipes voltam a campo na próxima semana. O Cruzeiro recebe o Botafogo, na terça-feira (12), enquanto o Coritiba viaja para duelar contra o Vasco da Gama, no sábado (16).

CORITIBA ERRÁTICO SOFRE COM CRUZEIRO EFICIENTE NO COUTO

O Cruzeiro conseguiu abrir o placar logo aos dois minutos. Giovanni foi acionado na área por Vitor Leque, puxou para o meio e bateu entre a trave esquerda e Wilson para balançar as redes.

Adriano ampliou o marcador aos sete minutos. Vitor Leque cruzou da direita e o volante apareceu livre na área, finalizou rasteiro e Wilson não conseguiu defender.

Giovanni quase marcou o segundo na partida aos 26 minutos. Thiago encontrou o meia na área e a finalização saiu rente ao poste direito de Wilson.

O Coritiba chegou pela primeira com perigo aos 28 minutos. Willian Farias aproveitou sobra na entrada da área e finalizou firme para Fábio mandar a bola para escanteio.

Léo Gamalho perdeu grande chance para descontar o marcador aos seis minutos do segundo tempo. Igor Paixão tentou a finalização da entrada da área, a bola explodiu na marcação e sobrou para o centroavante na área, mas o chute de Gamalho saiu torto.

Só que foi o Cruzeiro quem voltou a marcar aos 15 minutos. Giovanni bateu escanteio da esquerda e Eduardo Brock ganhou pelo alto para testar no canto esquerdo.

Aos 19 minutos, a bola explodiu no braço de Ramon em disputa pelo alto na área. Após revisão no VAR, o árbitro Marielson Alves Silva assinalou a penalidade.

Léo Gamalho foi para a cobrança e bateu no meio do gol, mas Fábio fez a defesa com a perna direita.

Fábio voltou a aparecer aos 44 minutos. Léo Gamalho arriscou finalizando da entrada da área e o goleiro foi buscar a defesa no canto direito.

LEIA MAIS: STJD nega pedido do Brusque e mantém perda de três pontos por racismo

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="795561" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]