Coritiba perde para Chape e é rebaixado para Série B

Francielly Azevedo

O Coritiba nadou nadou e morreu na praia. O alviverde foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro neste domingo (3) ao perder para Chapecoense por 2 a 1. O alviverde saiu na frente, mas não conseguiu segurar o placar. O resultado foi bom para os catarinenses que terminaram a competição na oitava colocação, garantindo uma vaga para Libertadores.

Antes do apito inicial uma homenagem foi feita às 71 vítimas do acidente aéreo com a Chapecoense. Os jogadores da Chape entraram vestindo camisas com os nomes de todos os atletas que morreram na tragédia que completou um ano no último dia 29.

O jogo

O duelo começou difícil para o alviverde paranaense. Logo aos cinco minutos, Wilson precisou trabalhar para evitar um gol da Chape. Mas foi o Coxa quem saiu na frente, aos 14, com o atacante Kleber. Gladiador recebeu pelo meio, ajeitou e mandou uma bomba de fora da área para estufar as redes.

Porém, a Chape voltou a incomodar. Arriscou com Artur, tentou com Reinaldo e chegou ao gol com Elicarlos, aos 36. O meia chegou pela esquerda, tentou fazer o levantamento na área e a bola acabou morrendo no ângulo de Wilson.


Aos 49 saiu o gol que determinou o rebaixamento do Coritiba. No levantamento para a área, Apodi finalizou e Tulio de Melo aproveitou a sobra para fazer o 2 a 1.

 

O caminho para o desespero

Enquanto o Coritiba ia perdendo na Arena Condá, outros três jogos aconteciam simultaneamente e iam decretando minuto a minuto o futuro do alviverde.

O Vitória perdia por 2 a 1 para o Flamengo, no Barradão, com gols de Carlos Eduardo (baianos) e Rafael Vaz e Diego(cariocas). O Avaí empatava com o Santos, em 1 a 1, com gols de Copete (Peixe) e Pedro Castro (Leão). E o Sport batia o Corinthians, por 1 a 0, com gol de André, resultados que decretaram o rebaixamento do Coxa.

 

 

Post anteriorPróximo post
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Repórter do Paraná Portal e Rádio CBN. Tem passagens pela TV éParaná, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina.
Comentários de Facebook